7 Estilos de Liderança Tóxicos para evitar nas empresas

7 Estilos de Liderança Tóxicos para evitar nas empresas

Estilos de liderança tóxicos podem prejudicar significativamente o desempenho e a produtividade da sua equipe. 

Inicialmente, pode ser difícil identificar seus próprios pontos fortes e fracos, mas isso o ajudará a refinar o seu estilo de liderança e a melhorar a moral no local de trabalho.

Existem muitas abordagens diferentes de gestão – algumas das quais são amplamente consideradas mais eficazes do que outras. 

Portanto, para melhorar as suas próprias habilidades de liderança, é importante começar a entender quais estilos de gestão são geralmente ineficazes. 

Se você deseja maximizar o desempenho do seu local de trabalho e manter seus melhores colaboradores, aqui estão 7 estilos de liderança tóxicos que você precisa evitar na sua empresa.

Boa leitura!

 

plano-gratis-jobconvo

 

7 estilos de liderança tóxicos para evitar

Ser um líder de equipe eficaz não é fácil. Muitas vezes requer uma quantidade significativa de tentativas e erros para otimizar o seu estilo de liderança ao longo do tempo, mas isso o ajudará a melhorar a eficiência do local de trabalho.

Além disso, incentivará a lealdade dos seus funcionários e manterá a sua moral elevada. 

Para alcançar estes benefícios, aqui estão sete estilos de liderança tóxicos a serem evitados:

1. Microgerenciamento extremo

Como gerente, o desempenho da sua equipe reflete em você. 

Como tal, pode ser tentador monitorar de perto seus funcionários para garantir que eles estejam fazendo todo o trabalho corretamente. 

Mas segurar as mãos dos seus funcionários e microgerenciar cada movimento deles pode inibir seriamente a sua produtividade.

Afinal, a microgestão pode fazer com que seus funcionários pensem que você não confia neles para fazer o trabalho de forma eficaz e torna mais difícil estabelecer a confiança entre você e a sua equipe. 

Além disso, passar um tempo excessivo micro gerenciando seus funcionários também o distrai de suas outras funções gerenciais. 

Embora seja importante dedicar um tempo para garantir que os seus funcionários estejam cumprindo suas metas de desempenho, você deve evitar tentar controlar cada movimento deles.

2. Liderança autocrática

Parte de ser um líder eficaz significa ser capaz de tomar decisões importantes, mas isso não significa que você deve tomar todas as decisões. 

Afinal, a contribuição de seus funcionários é importante – e, ao tomar decisões, é importante valorizar as opiniões da sua equipe. 

Caso contrário, você corre o risco de deixá-los se sentindo subvalorizados e não apreciados. 

Portanto, como líder, sua palavra é a final, mas não deixe de considerar o feedback da sua equipe antes de tomar uma decisão importante.

3. Gestão negligente

No lado oposto do espectro, os micro gerenciadores são gerentes negligentes. 

Afinal, estes gerentes evitam liderar suas equipes e passam o tempo todo em seu escritório concentrando-se em outras tarefas. 

É importante dar à sua equipe uma certa independência, mas você não deve ser o tipo de chefe que nunca faz o check-in com os seus funcionários.

Você deve estar sempre disponível para dar orientação a sua equipe quando necessário e responder às perguntas e preocupações de cada um. 

Alienar-se da sua equipe muitas vezes resulta em seus funcionários serem improdutivos ou avançarem sem a sua orientação, o que pode levar a inconsistências e conflitos.

4. Indecisão

Os líderes precisam ser capazes de tomar e se ater às decisões, pois a indecisão e a incerteza podem fazer com que a sua equipe perca a confiança em você, o que pode prejudicar significativamente a sua moral e motivação. 

Desse modo, se você quer ganhar a confiança da sua equipe e incentivar a produtividade, você precisa ser capaz de tomar decisões difíceis que incutem confiança em seus funcionários.

5. Escolhendo favoritos

Você pode ter funcionários com os quais você tem uma relação pessoal mais próxima do que outros. 

Também é provável que você tenha funcionários que geralmente têm um desempenho melhor do que outros, mas você deve evitar dar um tratamento especial a qualquer membro da sua equipe. 

Para incentivar a lealdade e manter uma moral positiva, é importante assegurar que todos os seus funcionários se sintam valorizados e apreciados. 

Portanto, você deve sempre ter certeza de reconhecer as contribuições individuais de cada um dos seus funcionários.

6. Organização deficiente

Os líderes do local de trabalho estabelecem os padrões de organização e produtividade. 

Além disso, os gerentes têm muitas responsabilidades, o que pode dificultar a organização, mas é importante manter-se no topo de todas as suas atividades diárias para incentivar a produtividade dos funcionários. 

Isto significa não esquecer as reuniões, chegar atrasado, faltar prazos, etc. 

Afinal, gerentes efetivos lideram pelo exemplo, e a produtividade começa com a organização.

7. Ser excessivamente crítico

Ninguém gosta de um chefe excessivamente crítico. 

Embora seja necessário que os gerentes responsabilizem seus funcionários e corrijam seus erros, isso não significa que você deve estar sempre procurando disciplinar os funcionários por erros simples.

Este estilo de liderança muitas vezes leva os funcionários a se ressentir por se sentirem subvalorizados. 

Se você quer preservar seu relacionamento positivo com os seus funcionários, você deve evitar ser excessivamente crítico e estar sempre pronto para elogiá-los pelas suas realizações.

Mude o seu comportamento como líder

Bom, agora você tem 7 estilos de liderança tóxicos para evitar. 

O problema dos maus estilos de liderança é que eles podem ser incrivelmente prejudiciais a uma empresa ou equipe. 

Afinal, não só produzem resultados terríveis, mas também podem levar a uma baixa moral, altos índices de rotatividade e infelicidade geral no local de trabalho.

Reflita sobre seus próprios comportamentos de liderança. Se você se encontrar usando qualquer um destes estilos de liderança, é importante fazer uma mudança.

Portanto, converse com a sua equipe, obtenha seu feedback e veja o que você pode fazer para começar a liderar de uma maneira mais eficaz. A sua empresa ou equipe lhe agradecerá por isso!

 

plano-gratis-jobconvo

Sobre o autor

JobConvo

A JobConvo foi desenvolvida para crescer com a sua empresa – fornecendo os recursos e a flexibilidade de que você precisa em cada estágio. Se a sua empresa possui 1 ou 10.000 funcionários, pode contar conosco. Atualmente nossas soluções abrangem plataforma de Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção e admissão digital, onde você pode gerir todo o processo com um sistema com inteligência artificial.

Newsletter BR

Pesquisa Vagas

Vagas Tech

PodCast

Sobre a JobConvo

Plataforma Líder em Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção

  • Crie requisições;
  • Personalize e automatize as etapas dos processos;
  • Compartilhe as vagas em diversos canais;
  • Aplique testes técnicos;
  • Faça o Fit Cultural e a tendência de comportamento dos candidatos;
  • Analise as vídeo entrevistas;
  • Compartilhe os finalistas com gestores;
  • Analise os relatórios;
  • Faça a admissão digital.

Saiba mais