Propaganda

A influência das cores no ambiente de trabalho

A influência das cores no ambiente de trabalho
Propaganda

Muitas pessoas não acreditam no significado das cores. Entretanto, há estudos que comprovam a influência delas no ambiente de trabalho e como elas interferem na produtividade da equipe. Por isso, saber qual cor é mais indicada para um determinado tipo de ambiente de trabalho é de grande importância para manter um ambiente harmônico dentro da empresa. 

No artigo de hoje, vamos falar sobre esse tema. Continue acompanhando a leitura!

As cores podem influenciar a dinâmica do trabalho 

Quando falamos em empresas, é interessante observar que as cores têm a capacidade de traduzir instintivamente o conceito que a sua organização quer transmitir para a sociedade. 

A influência das cores no ambiente de trabalho vai muito além de simples pinturas nas paredes. Elas realmente possuem o poder de dominar e interferir nos sentimentos, despertar criatividade, podendo inclusive, deixar as pessoas mais seguras e produtivas.

Qual é a melhor cor para cada ambiente de trabalho?

As cores possuem influência no espaço, assim como na percepção das pessoas, sejam elas quentes ou frias. Cada tipo e tonalidade causa um impacto diferente. 

A influência das cores está presente inclusive na questão de percepção do tempo. Por exemplo, em ambientes com tons mais quentes há a sensação de que o tempo passa mais rápido. O que não ocorre quando tons frios são utilizados, o que causa a sensação de que o tempo passa mais devagar. Por isso, é extremamente importante escolher as cores certas. 

Para saber qual é a melhor cor, é importante definir a mensagem que a empresa deseja passar para os seus colaboradores.

O significado das cores no ambiente de trabalho

A neuroarquitetura estuda como os ambientes físicos impactam no cérebro das pessoas e, segundo essa ciência, os ambientes de trabalho devem ser planejados de acordo com o tipo de trabalho que será realizado em cada setor. 

Dessa forma, as cores são tão importantes quanto os tipos de funcionários que serão escolhidos. Pesquisas demonstram que o cérebro humano tem estímulos diferentes quando se depara com cada tipo de cor. Enquanto as cores quentes ativam o nosso lado emocional e instintivo, as cores frias influenciam o lado mais racional e intelectual. 

Para desvendar a influência das cores no ambiente de trabalho, é necessário compreender o efeito de cada uma delas, como mostraremos agora: 

1. Verde

Essa cor remete diretamente à natureza e à vida. Por isso, ela tem poder de transmitir efeitos positivos no escritório, uma vez que é uma tonalidade relaxante e agradável. Além disso, olhar para uma parede na cor verde não causa cansaço mental. O verde faz com que tanto os colaboradores quanto os clientes se sintam bem-vindos.

A cor verde em tonalidades mais claras tem o poder de conferir calma e tranquilidade para o ambiente e, ao mesmo tempo, foco e concentração para seus funcionários. Por isso, é muito utilizada em hospitais e consultórios. Já o verde em tons escuros pode causar tristeza. Dessa forma, seu uso não é recomendado em ambientes corporativos.

2. Amarelo

Essa é uma das melhores escolhas. O amarelo tem o poder de estimular o córtex pré-frontal, parte do cérebro que é ativada quando acontece uma ação prazerosa. Essa cor também traz bastante energia e estimula a produtividade, mas é preciso usá-la com cautela, uma vez que sua aplicação em excesso, pode causar irritação. 

Por se tratar de uma cor quente e alegre, o amarelo traz vida e luminosidade para qualquer ambiente, sendo aconselhado para escritórios, onde os colaboradores precisam de concentração. No entanto, nesses casos também deve ser usado com moderação, uma vez que o excesso pode tornar o ambiente cansativo.

3. Azul

A cor azul no ambiente tem um efeito calmante. Paredes azuis ajudam a diminuir o estresse e reduzir a frequência cardíaca. Em escritórios onde os colaboradores passam por situações estressantes, pintar as paredes de azul ajuda a deixar o ambiente mais tranquilo.

Essa cor sugere calma e seriedade para o ambiente. Outro ponto importante é que a cor azul ajuda a reter a memória do trabalho. Mas é importante que o tom do azul não seja muito escuro e que ele seja utilizado em locais específicos, como em uma ou duas paredes, por exemplo.

4. Branco

A cor branca promove uma sensação de limpeza, mas também influi calma extrema e até mesmo desmotivação. Por isso, deixar o escritório todo branco não é uma boa escolha.

Embora multiplique a luminosidade, estimule a criatividade e ajude a dar a sensação de espaço, o branco pode se tornar monótono. Por isso, em um ambiente de trabalho com todas as paredes brancas é necessário a inclusão de móveis coloridos para dar equilíbrio.

5. Vermelho

O vermelho é conhecido como a cor da paixão, do amor e da raiva, sendo uma cor que confere a ideia de poder. Em um ambiente de trabalho, as paredes vermelhas podem ajudar a aumentar a atividade cerebral dos funcionários. Além de transmitir alegria e proximidade, deixando o local dinâmico e animado. Mas, em contrapartida, a cor pode deixar os funcionários irritados.

6. Roxo ou violeta

O roxo atua diretamente sobre o processo de respiração e ritmo cardíaco, o que confere calma ao funcionário, além de estimular a criatividade. 

Mas se for utilizada em demasia, pode causar um efeito contrário. Sendo assim, o mais indicado é pintar apenas uma parede do escritório com esse tom ou utilizá-lo em alguns objetos ou até mesmo quadros.

7. Laranja

O laranja é uma cor quente que remete à vitalidade e está relacionada à criatividade e ao estímulo às comunicações. De todas as cores, o laranja é a cor mais dinâmica e cai sim muito bem em ambientes corporativos e de coworking. 

Mas quando for aplicar o laranja, cuidado para não exagerar e acabar transmitindo tristeza e desânimo. 

8. Rosa

A cor rosa passa a sensação de sedução e conforto. Sua variação de tons emprega diferentes tipos de sentimentos. Os tons mais claros são mais delicados e agradáveis, enquanto as versões mais vivas podem se tornar cansativas. 

É importante saber a proposta da empresa e estilo do ambiente antes de optar pelo tom rosa no escritório.

9. Cores neutras

E por fim, temos as cores neutras, como o bege, o marrom, o cinza e até mesmo o preto, que são boas escolhas para serem utilizadas em combinação com outras cores. Com elas, é possível amenizar o efeito de tons demasiadamente vivos. Quando usados sozinhos, tons claros de cinza e bege não tem poder de estimular os funcionários, mas a junção com cores mais vivas pode ter um efeito positivo.

O marrom causa a sensação de conforto e aconchego, mas pode deixar o ambiente muito escuro. Preto e cinza escuro são boas cores para alguns detalhes no escritório, pois proporcionam profundidade interessante. No entanto, o uso excessivo dessas cores pode causar sentimentos de tristeza ou melancolia.

Principais dúvidas em relação à influência de cores no ambiente de trabalho

O psiquiatra suiço Carl Jung foi o pioneiro nas pesquisas sobre a psicologia das cores. Ele utilizou o estudo como ferramenta de psicoterapia e descobriu que cada cor tem um significado que provoca uma determinada sensação. 

Segundo Jung, quando seus pacientes se expressavam por meio das cores, eles conseguiam se recuperar de experiências traumáticas ou estressantes. 

A partir desse estudo, ele definiu os seguintes princípios básicos:

  • Cada cor tem um significado específico;
  • O significado da cor é biológico ou aprendido;
  • A avaliação de uma cor induz a um determinado comportamento
  • A influência da cor é automática;
  • O significado de uma cor é afetado pelo contexto em que ela está inserida.

Esses pontos acima ajudam a entender o quão importante as cores são para o ambiente de trabalho. 

Mas, além disso, buscamos responder a algumas dúvidas frequentes. Continue a leitura:

O que as cores quentes transmitem?

As cores quentes geralmente passam sensação de otimismo, entusiasmo, paixão e são representadas pelo amarelo, vermelho, roxo, rosa (variações) e laranja. Mas quando usadas em excesso, podem causar raiva e estresse no ambiente de trabalho.

Se usadas no ambiente corporativo, as cores quentes conferem uma sensação de que o ambiente é menor, ao mesmo tempo em que estimulam a mente de seus colaboradores. Isso porque essas cores estimulam o nosso sistema nervoso e cardíaco a trabalharem mais. E por isso, se usadas da forma correta, são excelentes formas de incentivar a criatividade.  

O que as cores frias transmitem?

São consideradas cores frias: azul, violeta (roxo ou púrpura) e verde. Essas cores são conhecidas por induzir sentimentos de calma, serenidade ou tristeza, e por remeterem à sensação de frio ou gelado. Os tons frios têm o poder de levar tranquilidade, calmaria e harmonia aos ambientes. Provocam no cérebro uma sensação de bem-estar, deixando as pessoas mais relaxadas e confortáveis. 

Essas cores se adaptam melhor a locais de trabalho que precisam passar serenidade e fluidez a seus funcionários.

Como já abordamos especificamente sobre cada cor, o verde representa a ideia de paz e equilíbrio, já o azul remete a sentimentos como amabilidade e serenidade, enquanto o violeta demonstra sensações que remetem à  espiritualidade.

Qual é a cor da segurança?

As cores neutras são responsáveis por transmitir segurança e tradição. E são formadas basicamente pelo preto, branco, cinza e em outras tonalidades e intensidades, sendo as mais conhecidas o bege e o marrom. O marrom transmite seriedade, natureza e sofisticação ao ambiente. 

Qual é a cor que mais estimula a criatividade?

Estudos comprovam que a cor azul é ideal para ambientes de trabalho por estimular a comunicação, a confiança e a eficiência. Nos ambientes de negócios, essa cor é usada por ser produtiva e não invasiva, além de estimular muito a produtividade. 

O verde também é conhecido como a cor da cura, por ter a capacidade de eliminar condições físicas negativas do corpo e energizar de forma positiva o ambiente. No ambiente corporativo, essa cor remete a ideia de ponderação e coerência.

Qual é a cor que estimula o estudo?

Para ambientes de estudo (ideais para empresas que possuem espaço para treinamentos e cursos), é recomendado o contraste entre as cores das paredes e dos móveis. Para estimular as atividades intelectuais e deixar os indivíduos ativos, podem ser utilizadas as cores amarelo, laranja e marrom. 

O amarelo por ser uma cor vibrante ajuda a estimular o sistema nervoso central, aumentando a produção de serotonina, que influencia diretamente na qualidade do aprendizado. Nesses casos, prefira o tom mais forte do amarelo, que é mais indicado para a concentração. 

O laranja também é uma cor indicada para utilizar em um ambiente para aprender, pois melhora a produtividade e a atividade intelectual. 

Já a cor marrom é associada à responsabilidade e maturidade.

É importante evitar o branco, amarelo forte, vermelho e violeta. 

Quais cores refrescam o ambiente?

Para refrescar o ambiente, o branco é mais indicado, pois tem o poder de deixar os ambientes maiores e mais iluminados. Além disso, essa cor reflete a luz do sol, deixando o local mais claro. Como a luz se expande no ambiente, a concentração de calor na parede diminui e deixa tudo mais fresquinho.

Porém, evite colocar branco em paredes com espelhos ou objetos que reflitam a  luz solar. Isso porque o calor vai aumentar e sua parede branca não vai contribuir para refrescar o local.

Luminosidade também tem influência no ambiente de trabalho

Para proporcionar um ambiente de trabalho agradável, também é necessário escolher uma iluminação adequada para isso. Sendo assim, é preciso compreender as necessidades e tarefas exercidas pelos colaboradores para obter a intensidade perfeita de luz e cor. 

A seguir, elencamos algumas dicas para manter uma luminosidade positiva no ambiente de trabalho:

  • Compreenda o espaço e tipo de trabalho;
  • Procure juntar os benefícios da iluminação natural e da artificial;
  • Mescle cores;
  • Busque ajuda de profissionais capacitados.

Estamos chegando ao final do artigo. Hoje em dia, as cores estão presentes em diferentes ambientes corporativos e em grandes empresas, como o Google, Facebook e Twitter. Essas corporações já perceberam que ambientes coloridos e planejados ajudam a estimular a produtividade de suas equipes. 

Uma dica de ouro é saber dosar a escolha das cores e principalmente buscar a ajuda de um especialista no assunto. O ideal é apostar em uma decoração que  possa utilizar as cores da sua marca, sem exageros e com propósito. 

Agora que você aprendeu sobre a influência das cores no ambiente de trabalho, é só escolher as cores e iluminação que se adequam à sua empresa! Se você deseja conferir outras dicas sobre o ambiente de trabalho, clique aqui

Propaganda

Sobre o autor

JobConvo

A JobConvo foi desenvolvida para crescer com a sua empresa – fornecendo os recursos e a flexibilidade de que você precisa em cada estágio. Se a sua empresa possui 1 ou 10.000 funcionários, pode contar conosco. Atualmente nossas soluções abrangem plataforma de Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção e admissão digital, onde você pode gerir todo o processo com um sistema com inteligência artificial.

Sobre a JobConvo

Plataforma Líder em Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção

  • Crie requisições;
  • Personalize e automatize as etapas dos processos;
  • Compartilhe as vagas em diversos canais;
  • Aplique testes técnicos;
  • Faça o Fit Cultural e a tendência de comportamento dos candidatos;
  • Analise as vídeo entrevistas;
  • Compartilhe os finalistas com gestores;
  • Analise os relatórios;
  • Faça a admissão digital.

Saiba mais