Avaliação de candidatos: como fazer? Veja dicas e estratégias

Avaliação de candidatos: como fazer? Veja dicas e estratégias

Ter um processo de recrutamento e seleção eficaz é um dos desafios do setor de RH. A avaliação de candidatos precisa ser realizada com cautela e com a sua devida importância, pois é a partir deste processo que os cargos serão preenchidos e terão influência no desenvolvimento e funcionamento da empresa.

O problema está quando as organizações colocam seu foco apenas em utilizar as melhores táticas para atração de novos talentos. Criar vagas atrativas é essencial, mas também é necessário ter os melhores métodos para avaliar os candidatos. É preciso saber identificar e avaliar todas as competências dos profissionais para obter o sucesso esperado neste processo.

Continue acompanhando a leitura e entenda a importância de saber avaliar os candidatos corretamente e quais são os métodos e estratégias ideais para ter um processo de seleção bem-sucedido.

Como funciona o processo de recrutamento e seleção?

O processo de recrutamento e seleção consiste na busca pelos profissionais mais adequados para entrar no quadro de funcionários da empresa. São utilizadas diversas técnicas e estratégias, além de existirem várias etapas até chegar ao resultado final.

Estes procedimentos são necessários para a eficácia de todo o processo, que vai desde a atração de candidatos qualificados até a decisão final da organização.

Isso porque através destas etapas é possível identificar as necessidades da empresa, definir os objetivos e competências necessárias para a vaga, avaliar as habilidades dos candidatos e saber reconhecer se o profissional está alinhado com os valores e cultura da empresa, fator de extrema importância para evitar o turnover e obter melhores resultados nos negócios.

Afinal, quanto mais eficiente este processo for, melhor será o retorno da companhia. Não só economicamente, mas também no engajamento dos colaboradores.

Importância das Hard skills e Soft skills na avaliação de candidatos

Antes de saber como fazer as avaliações, é de suma importância conhecer essas expressões durante esses processos. Elas servirão como um meio para definir as qualificações e habilidades dos profissionais. 

Uma boa avaliação precisa contar com esses dois tipos de skills para escolher os melhores colaboradores. Confira:

Hard skills

Método que foi o mais comum na avaliação das empresas por muito tempo. São as habilidades que podem ser aprendidas e ensinadas com cursos, treinamentos, etc. Costumam aparecer mais em currículos e são facilmente reconhecidas. Veja os exemplos:

  • Conhecimentos em línguas estrangeiras;
  • Habilidades com programas e softwares;
  • Graduação;
  • Cursos técnicos;
  • Conhecimento em operação de máquinas ou ferramentas.

Soft skills

Essas habilidades têm ganhado espaço nas avaliações e são aquelas que são mais difíceis de serem identificadas, pois são sociocomportamentais e ligadas a aptidões mentais. Não é sobre um curso ou diploma, mas sim como pessoas podem reagir ou lidar com situações diversas no ambiente de trabalho. Confira os exemplos:

  • Capacidade analítica;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão;
  • Comunicação interpessoal;
  • Proatividade;
  • Resolução de conflitos;
  • Senso de liderança.

Como fazer avaliação de candidatos em um processo seletivo?

Após a divulgação de vagas, o RH precisa iniciar o processo que irá identificar quem ocupará a vaga disponível. Isto não é uma tarefa fácil, pois muitas questões precisam ser devidamente avaliadas. Veja as 3 principais formas que possibilitam fazer análises para essa seleção:

1. Análise de currículos

A seleção de currículos é a primeira triagem que precisa ser feita em uma avaliação de candidatos, pois são enviados inúmeros currículos e muitos deles nem sequer se encaixam com o que foi requerido na descrição da vaga. 

Para agilizar o processo, os melhores e mais adequados são previamente selecionados para a próxima etapa. Por isso, os profissionais de RH precisam estar preparados para saber como fazer boas análises e escolher os currículos ideais.

A partir dele é possível verificar a escolaridade, experiência profissional, endereço, entre muitos outros dados de extrema importância e que contam muito na hora da escolha.

Lembre-se que as informações precisam passar por uma verificação para saber se realmente são verídicas. Isso pode ser feito através de ligações ao próprio candidato, pela futura entrevista ou até mesmo pelo contato com os antigos empregadores.

2. Entrevista de seleção

A entrevista de seleção é uma das etapas mais importantes de todo o processo. Nela o empregador deve tentar descobrir as informações que ainda não foram reveladas sobre o profissional. 

Prepare uma entrevista estruturada e com perguntas já selecionadas de acordo com cada perfil. É importante estar com o currículo do candidato em mãos e utilizá-lo para conduzir a conversa. 

As perguntas precisam ser claras e gerar respostas capazes de possibilitar a avaliação das competências. Por exemplo, perguntas comportamentais irão revelar como a pessoa age em situações em que precisa liderar, como ela possivelmente agiria em momentos inesperados, etc. 

Todos esses dados precisam ser anotados e irão ser de grande importância na hora da seleção.

3. Testes de seleção

Os testes técnicos ou de habilidades são uma excelente forma de aprimorar as análises sobre o candidato. Através deles é possível obter respostas que os outros métodos ainda não conseguiram alcançar e fazer uma última triagem mais específica. 

Podem ser realizados através de dinâmicas, simulações de trabalho, provas, entre outras diversas formas que facilitam a avaliação. Em muito dos testes o empregador consegue enxergar se o profissional atende às expectativas da função que vai ocupar.

Tipos de testes para recrutamento e seleção

Quer saber mais sobre esses testes? Confira abaixo os principais testes aplicados por profissionais de RH na hora da seleção de um novo colaborador:

Habilidade de escrita

Este é um dos testes que mede algo que praticamente todos dentro de uma organização precisam ter: habilidades básicas de escrita. Rotinas como envio de emails, escrita de pautas e relatórios são comuns em boa parte dos cargos. Essa habilidade é essencial para que não ocorra falhas de comunicação que podem gerar erros graves, principalmente em casos onde há contato direto com clientes.  

Os testes podem ser realizados por meio de uma redação escrita. Por exemplo, o empregador pode solicitar ao candidato que ele escreva um texto contando sobre suas expectativas em relação ao cargo e a empresa.

Aptidões sociais

A forma como o candidato se relaciona com outras pessoas ao seu redor também é um ótimo fator a ser avaliado. Afinal, ele irá trabalhar com muitas pessoas e provavelmente fará parte de uma equipe na empresa. 

O profissional precisa saber se relacionar com os demais colaboradores de forma sadia e saber lidar com as diversas situações que podem ocorrer. Para fazer essa avaliação, o RH pode realizar dinâmicas em equipe e analisar como foi a interação entre os candidatos. E claro, se sobressai aquele que melhor conseguiu se relacionar diante dos obstáculos gerados no teste.

Perfil comportamental

Este é um teste de grande importância, pois tem ligação com o quão produtivo o profissional pode ser na empresa. Ao analisar o perfil comportamental dos candidatos, o RH pode verificar suas características e quais comportamentos elas podem gerar em um ambiente de trabalho.

Para realizar este teste, o setor pode fazer o uso de softwares que facilitam o mapeamento de todas essas características e comportamentos.

Conhecimentos técnicos

Esse teste se encaixa nos casos onde a função exige algum conhecimento técnico específico, por exemplo, proficiência em inglês ou saber utilizar algum software e programa específico. Essas provas podem ser feitas através de plataformas digitais, agilizando todo o processo.

Como fazer a análise dos dados de avaliação?

Depois da coleta dos dados de todas as etapas, é preciso fazer a junção de todos eles e realizar a análise final para então fazer a tomada de decisão. 

A sugestão é que a empresa crie uma lista com regras e requisitos finais que todo profissional deve ter para entrar no time. Além de responder algumas perguntas para ajudar a finalizar todo o processo. Confira algumas sugestões:

  • Os candidatos com as melhores competências mostraram isso em prática nos testes realizados?
  • Qual dos candidatos a equipe avaliou que as competências vão gerar os resultados esperados? Elas têm grande impacto na função que vai ser exercida?
  • É possível encontrar características obtidas pela entrevista que indicam que o candidato não está satisfeito com o cargo e pode pedir demissão em pouco tempo? 
  • Os melhores profissionais já existentes da empresa possuem semelhanças aos candidatos que aparentam ser a escolha ideal? 
  • Os candidatos se encaixam na cultura da empresa?

Benefícios da tecnologia na avaliação de candidatos

O processo de recrutamento e seleção é longo e cansativo, além de exigir técnicas e cuidados para não fazer escolhas erradas e gerar prejuízos para a organização. Um processo de seleção mal sucedido pode aumentar a taxa de rotatividade de funcionários na empresa e causar problemas na produtividade e engajamento da equipe. 

O avanço da tecnologia trouxe muitos benefícios ao RH e um deles é o auxílio neste processo. Confira as vantagens de utilizar uma plataforma de R&S:

  • Maior alcance das vagas publicadas;
  • Entrevistas por vídeo que agilizam o processo;
  • Algumas fazem uso da inteligência artificial, que permite listar os candidatos de acordo com o grau de afinidade para a vaga e para a empresa;
  • Testes técnicos customizáveis e com a triagem em poucos cliques.

Agora que você aprendeu tudo sobre como avaliar candidatos, preparamos uma planilha de recrutamento e seleção para te auxiliar com a triagem dos profissionais de forma mais organizada. Clique aqui para baixar GRATUITAMENTE!

Sobre o autor

JobConvo

A JobConvo foi desenvolvida para crescer com a sua empresa – fornecendo os recursos e a flexibilidade de que você precisa em cada estágio. Se a sua empresa possui 1 ou 10.000 funcionários, pode contar conosco. Atualmente nossas soluções abrangem plataforma de Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção e admissão digital, onde você pode gerir todo o processo com um sistema com inteligência artificial.

Idiomas

Sobre a JobConvo

Plataforma Líder em Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção

  • Crie requisições;
  • Personalize e automatize as etapas dos processos;
  • Compartilhe as vagas em diversos canais;
  • Aplique testes técnicos;
  • Faça o Fit Cultural e a tendência de comportamento dos candidatos;
  • Analise as vídeo entrevistas;
  • Compartilhe os finalistas com gestores;
  • Analise os relatórios;
  • Faça a admissão digital.

Saiba mais