Propaganda

Capacitação profissional: o que é? Importância e benefícios

Capacitação profissional: o que é? Importância e benefícios
Propaganda

São os colaboradores de uma empresa que a fazem crescer, avançar e consequentemente obter lucros. Pensando assim, a capacitação profissional é a forma que a empresa possui de ajudar seus profissionais a desenvolver habilidades e competência que irão lhe ajudar em suas rotinas de trabalho, assim, a equipe tende a evoluir de maneira conjunta ao mercado.

A capacitação profissional é uma prática que tem se tornado comum para muitas empresas. Embora o mercado se mostre cada vez mais exigente, é comum que companhias olhem para as pessoas pensando no fit cultural, ao invés do foco ser única e exclusivamente em competências. 

Sendo assim, as empresas vêm se abrindo cada vez mais para providenciar cursos, treinamentos ou qualquer tipo de capacitação para ajudar seus colaboradores a atingirem maior performance de trabalho. Além disso, as organizações que oferecem esse suporte aos seus funcionário, além de garantir equipes cada vez mais qualificadas, ganham credibilidade no mercado, oferecendo produtos e/ou serviços de mais qualidade a seus consumidores. 

Mostraremos agora, alguns aspectos importantes sobre capacitação profissional, além de alguns benefícios que ela é capaz de trazer para empresas. 

Capacitação profissional: O que é?

Em termos gerais, a capacitação profissional nada mais é do que a preparação de uma pessoa para enfrentar situações de seu cotidiano no ambiente de trabalho. Trata-se de uma maneira que a organização tem de preparar seus colaboradores para realizar suas atividades com o mínimo possível do auxílio de colegas. 

A capacitação profissional não é focada somente em conhecimento técnico, podendo surgir como uma maneira de desenvolver novas habilidades e auxiliar na melhoria de colaboradores em diversos aspectos, tais como liderança, relacionamento interpessoal e planejamento. Esse processo tem como objetivo fazer com que o profissional continue desenvolvendo e aprendendo novas competências técnicas e também emocionais, visando diferentes tipos de cenários. Trata-se de uma forma de desenvolver o indivíduo como um todo. 

O departamento de RH muitas vezes é o  responsável em ajudar a empresa nos processos de capacitação profissional com diversos programas, ferramentas e palestras para contribuir no desenvolvimento dos profissionais. É muito comum que empresas criem “universidades” internas com cursos voltados à educação de seus funcionários e talentos que podem atuar na organização. Esse conceito de aprendizado interno tem crescido no mundo inteiro. 

A capacitação profissional influencia na performance de diferentes atividades dentro e fora da empresa, ajudando no crescimento dos colaboradores em todos os aspectos. Essa preparação traz vantagens em uma via de mão dupla, ou seja, para a empresa e para os funcionários, uma vez que estão em constante aprendizado e podem resolver problemas das mais variadas naturezas. 

Empresas modernas enxergam os colaboradores como o momento representantes de seu momento atual. Não há mais o antigo medo de capacitar funcionários e ter a chance de perdê-los para o mercado. A filosofia hoje é a de que quanto mais capacitado e qualificado, melhor para empresa ele será, pois é quando ele estará colocando em prática tudo o que foi aprendido. 

A organização não deve se preocupar em capacitar o profissional para o mercado e sim, capacitá-lo para que atuem de maneira conjunta. 

A importância da capacitação profissional para a empresa

O mercado está cada vez mais exigente e os avanços das tecnologias dificultam na hora de encontrar pessoas qualificadas e capacitadas para as funções. A saída que várias empresas estão buscando é em investir na capacitação profissional de seus próprios funcionários. Já explicamos o que é a capacitação profissional, mas você sabe quais são as vantagens de investir na capacitação profissional?

Vantagem competitiva

Com uma equipe altamente capacitada, a empresa vai além e alcança resultados positivos, tornando-se referência e deixando sua marca mais competitiva no mercado.

Menor rotatividade

Investir em seus próprios colaboradores diminui o número de turnover dos funcionários, já que eles se tornam cada vez mais preparados e atualizados com as atividades exercidas em sua função.

Motivar sua equipe

Quando a empresa demonstra interesse em capacitar seus funcionários, eles acabam ficando mais motivados por se sentirem valorizados e vão dar o melhor deles mesmos em suas atividades, garantindo uma melhor produtividade.

Inovação da empresa

Ao investir na capacitação dos colaboradores, a equipe acaba sempre tendo novas idéias, visões e conhecimentos. Isso colabora na inovação de processos e produtos, otimização de atividades.

Diferença entre capacitação profissional e qualificação

Capacitação profissional é diferente de qualificação. Como mostramos anteriormente, a capacitação é um processo de melhorias contínua, que é cada vez mais oferecido pelas empresas. 

Já a qualificação profissional diz respeito à formação dos profissionais que se encontram disponíveis no mercado de trabalho. São os cursos feitos em suas áreas de formação, experiências acumuladas até o momento que os qualificam como profissionais de certa área. 

Para melhor visualização, usemos o seguinte exemplo: O currículo é o lugar onde se encontram todos os detalhes da qualificação de um indivíduo uma vez que mostra essas informações. O como e onde se formou, cursos feitos, quais tipos de habilidades, idiomas que domina, além de outras qualificações necessárias que podem ser aplicadas para conseguir um emprego.

Quando vemos no jornal que há existe muita mão de obra desqualificada disponível no mercado, quer dizer que há muitas pessoas desempregadas, mas elas não possuem as qualificações necessárias para as vagas que estão disponíveis.

Na hora de abrir uma vaga, o departamento de Recursos Humanos deve elaborar quais são as qualificações necessárias para o preenchimento seu preenchimento. Isso se baseia muito no cargo ao qual  indivíduo está aplicando e o que ele deve ter para se encaixar nos requerimentos de determinada função. Normalmente, o recrutador define com os próprios membros de sua equipe equipe qual é o nível e o cargo a serem contratados. 

A qualificação de um candidato é de grande importância na hora da seleção para a vaga, mas não deve ser o único critério de seleção do mesmo.

Como unir qualificação e capacitação profissional?

Essa pergunta pode ser considerada provocativa, não é mesmo? Mas a questão aqui, é que é muito simples unir qualificação e capacitação profissional. 

Em suma é possível afirmar que a capacitação profissional, estimula o crescimento contínuo do indivíduo, visando diferentes tipos de evolução, como capacidades técnicas, emocionais, comportamentais, além das habilidade. A qualificação é o profissional que está apto ao trabalho, através de estudos focados na área a qual ele deseja se estabelecer dentro do mercado.

Trata-se de um processo de união simples e complementar.

5 Benefícios da capacitação profissional para empresa

Que a capacitação profissional é uma boa ideia, isso já está claro. Mas quais são os benefícios que ela pode trazer à empresa? É isso que responderemos agora!

1. Torna os colaboradores mais capacitados

Como a nomenclatura já sugere, o processo de capacitação profissional, aumenta a capacidade dos colaboradores de lidar com problemas e situações inesperadas. Isso acaba por refletir no ambiente de trabalho, na forma de realizar as tarefas, influenciando de maneira positiva na qualidade dos produtos e serviços prestados pela empresa, assim como a lucratividade da mesma.

2. Uso racional de materiais e recursos

Conforme citamos nesse conteúdo a capacitação profissional não está voltada apenas à vida profissional. Seu impacto pode ser visto na vida pessoal, tornando colaboradores mais humanos e sensíveis a uma série de questões, dentre elas a racionalidade perante ao uso de materiais e recursos, que de modo automático gera economia e funcionalidade à empresa.

3. Profissional se sente mais valorizado 

O profissional que passa por um processo de capacitação profissional enxerga que a empresa o vê como especial, a ponto de investir nele. Isso faz com que ele se sinta mais valorizado, o que consequentemente gera uma melhora no trabalho exercido dentro da instituição. 

4. Aumento de produtividade

Como citado no tópico anterior, ao se sentir mais valorizado, o colaborador passa a trabalhar de maneira otimizada, fazendo com que haja um aumento natural de produtividade, além de um trabalho com mais qualidade. Isso traz benefícios à ele mesmo e também à empresa. 

5. Retenção de talentos

E por fim, temos como último benefício à retenção de talentos. A capacitação, é muitas vezes vista por colaboradores como um benefício cedido pela empresa, afinal, ele está aprendendo novas técnicas e filosofias de maneira gratuita, isso gera um ambiente harmonioso e qualitativo, o que diminui o desejo dos funcionários por procurar outros empregos, pois dificilmente haverá empregos ou ambientes melhores. Com isso, funcionário e empresa saem ganhando. 

A capacitação profissional pode diminuir a taxa de turnover da empresa. Aprenda a calcular e analisar essa taxa através de nosso material GRATUITO clicando aqui.

Propaganda

Sobre o autor

JobConvo

A JobConvo foi desenvolvida para crescer com a sua empresa – fornecendo os recursos e a flexibilidade de que você precisa em cada estágio. Se a sua empresa possui 1 ou 10.000 funcionários, pode contar conosco. Atualmente nossas soluções abrangem plataforma de Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção e admissão digital, onde você pode gerir todo o processo com um sistema com inteligência artificial.

Idiomas

Sobre a JobConvo

Plataforma Líder em Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção

  • Crie requisições;
  • Personalize e automatize as etapas dos processos;
  • Compartilhe as vagas em diversos canais;
  • Aplique testes técnicos;
  • Faça o Fit Cultural e a tendência de comportamento dos candidatos;
  • Analise as vídeo entrevistas;
  • Compartilhe os finalistas com gestores;
  • Analise os relatórios;
  • Faça a admissão digital.

Saiba mais