Conheça os tipos de recrutamento e escolha o melhor para a sua empresa

4.8 (95%) 4 vote[s]

As empresas têm sofrido para empregar um sistema de recrutamento que gere retenção de colaboradores. Muitas vezes, mesmo em meio a diversos métodos e processos, os recrutadores acabam não usando uma técnicas eficazes.

Diferentemente do que muitos acreditam, são diversos os tipos de recrutamento existente. As diferentes fontes de recrutamento de pessoal podem ajudar, e muito, a empresa a ter êxito nas contratações.

Com fontes, formas e tipos de recrutamento de pessoal mal definidas, os recrutadores acabam sofrendo consequências terríveis após a contratação. Desmotivação e turnover são os maiores impactos de uma contratação errada. Com diversos meios de recrutamento, é possível recrutar interna e externamente, fazer um recrutamento misto ou online, mas qual dessas alternativas representa os tipos de recrutamento que a sua empresa precisa?

O que é recrutamento?

Antes de entender qual tipo de recrutamento utilizar é preciso saber exatamente o que é recrutamento. Recrutamento é o conjunto de ações coordenadas que visam obter candidatos para um determinado cargo. Função importante desenvolvida pelo setor de RH e pelo headhunter (caçador de talentos) é primordial para o sucesso do empreendimento.

O capital humano é o maior bem tido por uma organização. Por isso, o processo de recrutamento e seleção são primordiais. Mas, para saber se essa atividade está sendo bem executada e gerando vantagens à organização, é necessário ficar atento às métricas e aos indicadores de desempenho do setor de Recursos Humanos. Para isso, é importante analisar:

  • Custo médio por contratação;
  • Turnover nas contratações recentes;
  • Impacto no ambiente de trabalho;
  • Vagas fechadas no prazo;
  • Número de candidatos por vaga aberta.

O recrutamento pode ocorrer de diferentes formas. É primordial que os líderes conheçam cada um dos métodos, escolhendo o melhor para a empresa e aplicando de forma consciente dentro da organização.

Quais são os tipos de recrutamento?

São 4 os tipos de recrutamento: interno, externo, misto e online. Cada um desses tipos de recrutamento tem suas peculiaridades. Desse modo, é possível que um desperte motivação, enquanto o outro desperta eficiência operacional e flexibilidade. Por essa razão, é necessário compreender a função de cada um deles. Confira :

1- Recrutamento interno

O recrutamento interno é realizado dentro da própria empresa. Para isso, é realizado um processo de entrevista com os funcionários que se destacam e estão dispostos a mudar de cargo ou a subir de posição.

Para esse tipo de recrutamento a divulgação da vaga de trabalho pode ser feita de diversas formas. Como por exemplo:

  • Newsletter da empresa;
  • Painel de informação;
  • Sistema informático de ofertas de emprego da empresa;
  • Jornal da empresa.

2- Recrutamento externo

O recrutamento externo consiste em atrair candidatos no mercado do trabalho, com características específicas e com experiências e visão que beneficiem a organização, sendo úteis para o trabalho. Este tipo de recrutamento pode ser realizado com o apoio headhunter. Exemplos de recrutamento externo – divulgação:

  • Divulgação da  vaga nas redes sociais;
  • Divulgação da vaga em jornais;
  • Divulgação da vaga em sites de emprego.

3- Recrutamento misto

O recrutamento misto estabelece uma ponte entre o recrutamento interno e externo, procurando candidatos dentro e fora da empresa. Neste tipo de recrutamento, há divulgação interna e externa da vaga pelos meios mais apropriados. Apesar de que os candidatos passem pela mesma avaliação e tenham chances iguais, normalmente o recrutamento começa internamente e posteriormente é realizado o processo externo. Em casos onde há mais de uma vaga, possível dividir as vagas entre candidatos internos e externos.

4- Recrutamento Online

O recrutamento online é realizado pela internet. Existem Softwares de Recrutamento e Seleção com Inteligência Artificial, com gestão de processos seletivos automatizados, testes e vídeo entrevistas. A Jobconvo é referência no mercado no processo de recrutamento online.

Com o sistema oferecido pela empresa é possível criar requisições, personalizar e automatizar as etapas dos processos, compartilhar as vagas em diversos canais, aplicar testes técnicos, fazer o Fit Cultural e a tendência de comportamento dos candidatos, analisar as vídeo entrevistas, compartilhar os finalistas com gestores, analisar os relatórios e fazer a admissão digital.

 

Como escolher o tipo de recrutamento ideal para a empresa?

Uma empresa pode utilizar diferentes tipos de recrutamento, para buscar os candidatos potenciais para participar de um processo seletivo. Sendo assim, existem tipos de recrutamento interno e externo, que são os mais utilizados pela empresa, mas, em contrapartida, o recrutamento misto e online tem ganhado muitos adeptos. Seja interno, externo, misto ou online, cada um dos 4 tipos de recrutamento tem suas vantagens e desvantagens e é preciso conhecê-las antes de escolher o melhor para a empresa. Veja:

1- Recrutamento interno: vantagens e desvantagens

No recrutamento interno, a busca por um profissional ocorre dentro da empresa. Por ser restrito aos colaboradores já contratados, ele se torna uma espécie de reaproveitamento. Desse modo, os talentos podem ser promovidos ou realocados dentro da própria organização.

O recrutamento interno é, sem dúvida, um dos modelos mais usados. Com isso, muitas empresas utilizam o modelo de recrutamento externo para cargos de base da pirâmide organizacional. Desse modo, os cargos de liderança são ocupados por talentos que já fazem parte do quadro de trabalho.

Benefícios do recrutamento interno:

  • Custos menores;
  • Conhecimento prévio sobre o perfil dos candidatos;
  • Valorização dos colaboradores;
  • Redução de turnover.

Além disso, o recrutamento interno pode ser:

  • Recrutamento informal: procura o candidato dentro de uma equipe sem a abertura de concorrência pela vaga;
  • Abertura de concorrência: A empresa inicia um procedimento interno e divulga a vaga para os colaboradores que preenchem determinados requisitos;
  • Reenquadramento dentro do plano de carreira: Nesse tipo de recrutamento interno a empresa restringe sua procura aos colaboradores habilitados pelos critérios do plano de carreira.

Para os três procedimentos é recomendável a adoção de critérios objetivos de seleção. Como por exemplo:

  • Qualificação técnica;
  • Tempo de casa;
  • Alcance de metas;
  • Perfil do candidato.

 

A escolha pelo recrutamento interno deve ser acompanhada de medidas para treinar colaboradores, evitando assim, os riscos de estagnar o capital intelectual do negócio.

2- Recrutamento externo: vantagens e desvantagens

Tipo de recrutamento mais comum, no recrutamento externo a empresa vai ao mercado em busca de candidatos. Esse modelo é utilizado para obter competências que não são encontradas nas equipes internas.

Benefícios do recrutamento externo:

  • Acesso a uma grande diversidade de talentos;
  • Entrada de novos talentos;
  • Modificação de práticas internas;
  • Aumento de opções para o ocupar o cargo;
  • Enriquecimento ou reposicionamento do capital intelectual da empresa.

Algumas formas eficazes de realizar o recrutamento externo são:

  • Headhunting: contratar consultorias (headhuntig) para abordar candidatos de maneira sigilosa e discreta, restringindo as buscas a uma determinada rede de contatos.
  • Anúncios públicos: anúncios públicos colocados nas sedes de algumas empresas, em universidades, jornais, revistas, sites e afins.
  • Parcerias: a instituição parceira divulga as vagas internamente ou indica candidatos para recrutamento, o que restringe o número de currículos recebidos.

O recrutamento externo é um processo mais demorado, mas é muito eficaz.

3- Recrutamento misto: vantagens e desvantagens

O recrutamento misto  é a combinação dos procedimentos externo e interno. Por isso, ele pode ser feito de três formas:

  • Prevalência do modelo interno: tentativa de recrutar internamente e, diante de um insucesso, a busca por profissionais de fora da organização.
  • Prevalência do modelo externo: procura no mercado para, só então, a vaga ser aberta para os colaboradores da empresa.
  • Modelo concomitante: os recrutamentos externo e interno podem ocorrer de maneira simultânea, gerando uma competição em pé de igualdade entre os candidatos.

4- Recrutamento Online: vantagens e desvantagens

O recrutamento online se refere aos procedimentos realizados pela internet.

Os benefícios desse modelo são:

  • Divulgação dos anúncios em meios digitais;
  • Facilitação da comunicação com os candidatos;
  • Ampliação do alcance do processo;
  • Possibilidade de filtragem automática de currículos;
  • Automatização de um grande número de tarefas.

Agora é só escolher o melhor tipo de recrutamento e aplicar na sua empresa!