Propaganda

Tipos de recrutamento: qual o melhor? Conheça 5 principais

Tipos de recrutamento: qual o melhor? Conheça 5 principais
Propaganda

Empresas têm encontrado cada vez mais dificuldade para implementar um sistema de recrutamento capaz de gerar a retenção de seus colaboradores. É comum, que mesmo em meio a diversos métodos e processos, os recrutadores acabem errando na escolha do candidato.

Embora muita gente desconheça, existem hoje diversos tipos de recrutamento. As diferentes fontes de recrutamento podem ajudar empresas a alcançar o êxito no que diz respeito às contratações.  

Através de formas e tipos de recrutamento mal definidas, os recrutadores acabam por sofrer consequências ruins após a contratação. Aumento de turnover e desmotivação são os maiores impactos de uma contratação errônea. 

É por isso que conhecer diferentes tipos de recrutamento é tão importante e necessário para o bom funcionamento de toda empresa e é sobre isso que falaremos no conteúdo de hoje. 

O que é recrutamento?

Antes de escolher um dentre os diferentes tipos de recrutamento existente, é necessário saber exatamente o que é recrutamento. 

Recrutamento nada mais é do que  o conjunto de ações coordenadas que visam encontrar candidatos para um determinado cargo. Essa função de grande importância é  desenvolvida pelo setor de RH e e pode ter participação ativa do headhunter (caçador de talentos), aumento as chances de sucesso para uma escolha bem sucedida.

O capital humano é o bem mais precioso de toda e qualquer organização. Por isso, o processo de recrutamento e seleção são primordiais. Mas, para saber se essa atividade está sendo bem executada e trazendo vantagens à empresa, é importante ficar atento às métricas e aos indicadores de desempenho do setor de Recursos Humanos. Dessa forma, é preciso analisar:

  • Custo por contratação;
  • Turnover das contratações mais recentes;
  • Impacto que as contratações causaram ao ambiente de trabalho;
  • Vagas fechadas no prazo;
  • Número de candidatos por vaga aberta.

Como já citamos, existem diferentes tipos de recrutamento, 

O recrutamento pode ocorrer de diferentes formas. É primordial que os líderes conheçam cada um dos métodos, escolhendo o melhor para a empresa e aplicando de forma consciente dentro da organização.

Quais são os tipos de recrutamento?

Existem hoje 5 diferentes tipos de recrutamento e cada um deles possui peculiaridades e particularidades específicas. Um pode despertar motivação, enquanto outro favorece eficiência ou flexibilidade por exemplo. Por isso a importância de conhecer cada um deles de maneira profunda, para escolher aquele que atenda as necessidades reais da companhia. Mostraremos agora, cada um deles.

1. Recrutamento externo

Esse é um dos tipos de recrutamento que visa atrair candidatos disponíveis no mercado de trabalho que possuem características específicas, assim como experiência e visão capazes de beneficiar a organização. 

Essa forma de recrutar colaboradores pode ser feita com apoio do headhunter. Alguns exemplos desse tipo de recrutamento são:

  • Divulgação de vagas em redes sociais;
  • Divulgação de vagas em sites de emprego;
  • Divulgação de vagas em jornais. 

2. Recrutamento interno 

O recrutamento interno é realizado dentro da própria organização. Para isso, organiza-se processos de entrevista com os funcionários que se destacam e estão pleiteando mudanças de cargo ou promoções. 

Nesse tipo de recrutamento, a divulgação da vaga pode ocorrer de diferentes maneiras. As principais são:

  • Newsletter;
  • Painéis informativos;
  • Sistema informatizado interno da empresa;
  • Jornal/revista da empresa.

3- Recrutamento misto

O recrutamento misto estabelece uma ponte entre a forma de recrutamento interno e externo, buscando candidatos dentro e fora da empresa. 

Nessa forma de recrutar, há divulgações internas e externas da vaga através dos meios que a empresa julgar mais apropriados, embora os candidatos passem pelas mesmas avaliações e tenham chances semelhantes, é comum que o processo comece de modo interno, podendo evoluir para a forma externa. Em casos onde há mais de uma vaga, é possível dividi-las entre candidatos internos e externos. 

4- Recrutamento Online

Esse é um dos tipos de recrutamento mais atuais, sendo realizado pela internet. Existem softwares de recrutamento e seleção dotados de inteligência artificial, gestão de processos seletivos automatizados, testes e vídeo entrevistas. 

Através do sistema utilizado e oferecido pela empresa, é possível criar requisições, personalizar e automatizar etapas, compartilhar vagas em diferentes canais, aplicar testes técnicos, realizar fit cultural, analisar comportamento de candidatos, compartilhar finalistas com gestores, analisar relatórios e por fim, fazer a admissão digital.

5. Recrutamento às cegas

Embora seja pouco conhecido, essa forma de recrutar vem crescendo no Brasil e no mundo.

O recrutamento às cegas é uma modalidade de processo seletivo, cujo principal objetivo é priorizar as competências técnicas e comportamentais do candidato. Para isso, são levados em consideração somente esses atributos.

Idade, cor, sexo, região onde vive, orientação sexual, são todas deixadas de lado pelo sistema de admissão. Trata-se de um modelo que tem como objetivo diminuir a incidência de discriminação (tanto inconsciente, quanto consciente), dentro do sistema admissional.

No entanto, em um determinado momento, seja durante a reunião presencial ou no ato da contratação, todas as informações que estavam às cegas, passam a ser visíveis. Organizações que fazem uso desse processo seletivo, apresentam um quadro de funcionários mais diversificados.

 

Como as empresas escolhem entre os diferentes tipos de recrutamento?

Escolher dentre os diferentes tipos de recrutamento existentes hoje, não é tarefa simples. Para isso, devem ser avaliadas as vantagens e desvantagens que cada forma de recrutar possui. Vamos falar um pouco sobre esse aspecto. 

Recrutamento externo 

As principais vantagens do recrutamento externo são: 

  • Acesso a grande diversidade de talentos;
  • Possibilidade de entrada de novos talentos;
  • Modificação de condutas internas;
  • Aumento de opções para o ocupação da vaga aberta;
  • Enriquecimento ou reposicionamento dos talentos da empresa.

A principal desvantagem nesse caso, é o tempo de duração, que pode ser longo e diminuir a eficácia do setor carente por colaborador(es).

Recrutamento interno

Os principais benefícios de se optar pelo recrutamento interno são:

  • Menores despesas;
  • Conhecimento prévio dos candidatos;
  • Valorização dos colaboradores;
  • Redução dos níveis de turnover.

As desvantagens nesse caso é que podem gerar mal-estar e ciúmes dentro de equipes ou entre funcionários que estavam disputando a vaga.

Recrutamento misto

Os pontos positivos do recrutamento misto são semelhantes aos do recrutamentos externo e interno, possibilitando uma grande quantidade de candidatos, maior conhecimento de quem concorre à vaga, mas pode se tornar demorado, dispendioso, além de gerar mal-estar em colaboradores internos que podem perder a vaga para algum candidato que veio de fora e sentir subaproveitado.

Recrutamento online

O recrutamento online é visto como um dos processos com menor índice de desvantagens. seus pontos mais benéficos são:

  • Fácil divulgação dos anúncios nos meios digitais;
  • Facilitação na comunicação com os candidatos;
  • Aumento do alcance do processo;
  • Possibilidade de filtragem de currículos;
  • Automatização de de tarefas.

As desvantagens citadas nesse tipo de recrutamento se dá pelo fato de mesmo com a análise da inteligência artificial, o comportamento do candidato não estar alinhado à organização, contribuindo de maneira negativa ao ambiente da equipe.

Recrutamento às cegas

O recrutamento às cegas é capaz de prover uma série de benefícios a quem por ele optar. Nesse caso, os principais são:

  • Imparcialidade;
  • Aumento de produtividade;
  • Ambiente de trabalho mais diversificado;
  • Boa imagem da empresa perante à sociedade;
  • Assertividade;
  • Valorização das competências do candidato.

Por ser um processo realizado totalmente à distância, o recrutamento às cegas tende a ser um pouco mais lento.

Como fazer o processo de recrutamento e seleção?

Embora existam diferentes tipos de processo de recrutamento e seleção, a forma de realização, geralmente é a mesma. Mostraremos agora os principais passos para fazer esse processo. 

Definição das vagas

O primeiro passo é a definição das vagas ofertadas. Isso geralmente é definido pelo RH, em conjunto com o gestor da área para onde a(s) vaga(s) foi(foram) aberta(s).

Definição de atribuições e salários

O passo seguinte é definir quais serão as atribuições e salários dos novos colaboradores. Essa definição é importante para realizar uma descrição adequada da vaga e selecionar somente quem tenha o perfil adequado.

Divulgação de vagas

O local de divulgação das vagas também é importante. Hoje há sites, plataformas e aplicativos onde as vagas podem ser divulgadas. Canais pagos geralmente fornecem uma apresentação mais detalhada do que os gratuitos. 

Faça a seleção dos currículos

Após divulgação e recebimento de cerca de 5 a 10 currículos por vaga, é hora de selecionar quais são os que melhor atendem às necessidades da empresa e chamar para a seleção presencial.

Convocação para a entrevista de Emprego

A convocação é o principal meio de conhecer melhor o candidato e avaliar suas experiências, competências e seu histórico de carreira. 

Dinâmicas de seleção

As dinâmicas de seleção podem ou não ser usadas por recrutadores para avaliar fatores importantes, como liderança, comunicação, empatia, criatividade, trabalho em equipe e até mesmo negociação. 

Entrevista com o gestor da área

Os profissionais mais qualificados que foram aprovados na entrevista e na dinâmica, podem ser chamados para serem entrevistados por seus futuros chefes. 

Comunicar a aprovação ou não

Este é o momento onde o profissional é informado se foi ou não aprovado no processo de seleção. Infelizmente, a maioria das empresas só ligam em caso de aprovação, deixando os candidatos muitas vezes sem resposta. 

A importância da tecnologia no processo de recrutamento

Independentemente de qual foi o tipo de recrutamento escolhido pela empresa, uma coisa é certa: É muito importante que o processo seja conduzido com o suporte de uma software de gestação e seleção.

Essa ferramenta é de grande importância na hora de criar um processo, trazendo à tona as informações necessárias capazes de minimizar erros, além é claro, de facilitar e agilizar todo o processo. 

A tecnologia deixa todo o processo de recrutamento mais linear, prático e funcional, aumentando as chances de se escolher o melhor candidato possível para a(s) vaga(s) disponível(is).

Um software de recrutamento e seleção é capaz de facilitar o recrutamento de um candidato independente do processo escolhido. Solicite uma demonstração GRATUITA do sistema da JobConvo e colha os benefícios que essa tecnologia é capaz de proporcionar.

Propaganda

Sobre o autor

JobConvo

A JobConvo foi desenvolvida para crescer com a sua empresa – fornecendo os recursos e a flexibilidade de que você precisa em cada estágio. Se a sua empresa possui 1 ou 10.000 funcionários, pode contar conosco. Atualmente nossas soluções abrangem plataforma de Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção e admissão digital, onde você pode gerir todo o processo com um sistema com inteligência artificial.

Idiomas

Sobre a JobConvo

Plataforma Líder em Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção

  • Crie requisições;
  • Personalize e automatize as etapas dos processos;
  • Compartilhe as vagas em diversos canais;
  • Aplique testes técnicos;
  • Faça o Fit Cultural e a tendência de comportamento dos candidatos;
  • Analise as vídeo entrevistas;
  • Compartilhe os finalistas com gestores;
  • Analise os relatórios;
  • Faça a admissão digital.

Saiba mais