Entenda o que é um processo seletivo e quais são as suas etapas

5 (100%) 1 vote

O processo seletivo é composto por etapas as quais a equipe de recursos humanos de uma empresa elabora para atrair, selecionar, contratar e admitir um novo talento ao seu quadro de funcionários. O objetivo de um processo seletivo é de encontrar o candidato certo para a organização, além de possuir um banco de currículos com candidatos que se interessam e se encaixam com o perfil da organização.

Para garantir uma boa qualidade de contratação, é recomendável que a equipe de RH tenha um processo seletivo bem estruturado. Ao possuir um modelo de processo seletivo que se encaixe bem com a sua empresa, é garantido que tenha sempre um recrutamento bem sucedido. O ideal é que os recrutadores vejam e avaliem seus candidatos, a experiência deles, a adaptação e a eficiência das pessoas depois de começar dentro da empresa.

Preparamos para você as etapas que fazem parte de todo um processo de recrutamento e seleção.

Tipos de recrutamento

O recrutamento é um procedimento com diversas etapas, cuja finalidade é encontrar profissionais para ocuparem cargos na empresa. Há diferentes tipos de recrutamento. O recrutamento interno, externo e o misto.

O recrutamento interno é aquele que ocorre quando a busca de preencher uma vaga ocorre apenas por profissionais que já são funcionários da empresa. O recrutamento externo é o que busca por profissionais que estão no mercado de trabalho. O recrutamento misto é aquele que abrange os dois tipos, visando dar a oportunidade para funcionários da empresa e profissionais do mercado.

Atribuições da vaga

Na hora de elaborar as atribuições e os requisitos para uma vaga de emprego, as pessoas responsáveis pela vaga – o RH e o gesto – devem pensar em fazer uma boa descrição do cargo para atrair candidatos.

O vaga deve conter as funções, responsabilidades, habilidades, conhecimentos e experiências necessárias para obter uma boa performance no novo cargo. É necessário que especifique a remuneração e benefícios.

Atualmente, há muitos casos de descrição de vaga o qual o salário não é anunciado. Essa é uma estratégia feita pelas empresas pelo medo dos profissionais do mercado mentirem uma pretensão salarial apenas para conquista a vaga e continuar procurando por outro emprego.

 

Divulgação da vaga

Após já ter o seu perfil da vaga criado, é a hora de divulgação para atrair candidatos. O recrutador pode usar diversos canais para compartilhar suas vagas como:

  • Página de Carreira da empresa

  • Sites de Vagas de Emprego

  • Redes Sociais

  • Faculdades

  • Rede de relacionamento dos funcionários

O ideal nessa etapa é procurar por canais de divulgação que fazem mais sentido com o perfil do candidato que você esteja à busca. Vale se colocar no lugar do profissional e pensar em quais tipos de sites, redes sociais ele deve ser mais antenado e tenha interesse de ver vagas por lá. Por exemplo, se estiver em busca de profissionais de comunicação, aqui no Brasil há diversos grupos de Facebook para divulgação de vagas e, também, o Linkedin é uma ferramenta muito forte para esse tipo de profissional.

Triagem

A hora da triagem é o momento do recrutador selecionar quais são os candidatos que possuem a maioria dos requisitos da vaga. Assim, ele pode passar esses candidatos para a próxima etapa e focar nos profissionais mais qualificados.

A triagem é uma etapa que toma muito tempo dos profissionais porque a maioria dos currículos não se encaixam ao perfil da vaga. O ideal é que os candidatos coloquem em seus currículos palavras-chaves que facilitem que os recrutadores os encontrem.

É normal que o candidato fique frustrado que esteja demorando para que seja chamado para uma próxima etapa, por isso há maneiras de otimizar o seu tempo e a experiência do candidato ao mesmo tempo. Há softwares no mercado com  a tecnologia de ajudar a agilizar o processo de triagem.

Entrevista

Após a checagem de currículos, é o momento dos recrutadores entrarem em contato com os candidatos para convidá-los para a etapa de entrevistas. Há dois tipos de entrevista, as individuais e entrevista em grupo.

A entrevista individual é focada em aprofundar as informações que constam nos currículos e conhecer o candidato melhor e mais pessoalmente. É um momento o qual você pode se conectar com o profissional e entender sua ambições, o seu perfil e imaginar como seria tê-lo na empresa.

A entrevista em grupo é uma ótima forma da equipe de recursos humanos de avaliar como os candidatos trabalham em equipe e de reunir todos os seus candidatos no mesmo ambiente, o que pode auxiliar na otimização do tempo de processo seletivo.

Seleção

O momento da seleção é quando você define qual vai ser o candidato que você imagina sendo um ótimo profissional na sua empresa e possui o perfil desejado. É o momento de fazer a proposta para o indivíduo e, infelizmente, mandar os feedbacks negativos para os outros que estavam na etapa final.

Esse é um momento muito crítico para o RH, pois, além de ser difícil escolher entre os melhores candidatos, ele deve desapontar alguns dos favoritos, também. Ao dar um feedback negativo, é importante que o recrutador tome um tempo para explicar bem os motivos os quais a pessoa não foi selecionada.

Agora que você já sabe quais são as todas as etapas envolvidas de um processo seletivo, já sabe como estruturar o processo seletivo da sua empresa? Se quiser saber mais de como a JobConvo pode ajudar na gestão de seus processos seletivos, veja uma demonstração da nossa plataforma!