Entrevista estruturada: o que é, como fazer e as principais vantagens

5 (100%) 2 votes

O que é entrevista estruturada?

A entrevista é uma etapa essencial do processo de recrutamento e seleção. A entrevista possibilita os recrutadores a coletar o máximo de informações relevantes dos candidatos e os conhecer melhor.

A entrevista estruturada é uma das várias estratégias de recrutamento. É a prática de utilizar a mesma metodologia de entrevista na hora do processo seletivo, ou seja, utilizar as mesmas perguntas para todos os candidatos. Dessa maneira, você consegue avaliar todos os indivíduos se baseando nas mesmas perguntas e respostas, impedindo que haja alguma imparcialidade na avaliação dos candidatos.

Esse tipo de estratégia pode ser aplicada nos diversos tipos de realidade empresarial. Seja em empresa pequena, média ou grande e de diferentes tipos de segmento de mercado, esse tipo de entrevista é adaptável aos diferentes tipos de organizações.

O que é necessário para uma entrevista estruturada?

Para elaborar uma entrevista estruturada, você deve traçar um roteiro focado no processo seletivo, atentando-se ao objetivo e em cada pergunta que será feita. Planejamento é a palavra chave nesta fase.

Assim, preparamos um passo a passo para esse tipo de entrevista:

  • Analise o cargo:

É importante que a entrevista seja formulada de acordo com a vaga a ser preenchida. Faça uma análise da função, das competências técnicas e comportamentais necessárias para a ocupação da vaga.

  • Critérios de avaliação

Antes de elaborar a conversa, pense em quais são os objetivos dessa etapa de entrevista.

Esses critérios serão seu ponto de referência para a pontuação dada ao candidato por pergunta. As respostas podem ser classificadas de maneira que determinará seu desempenho. Por exemplo, classificação por nota de 0 a 10 ou por escala de excelente a ruim.

  • Elaboração das perguntas.

Elas devem fazer sentido com as necessidades da empresa e das informações necessárias para a avaliação dos candidatos.

Não faça perguntas que induzam uma certa resposta, o ideal são perguntas abertas que levem para um raciocínio livre e respostas sinceras.

  • Teste as perguntas   

Quando já tiver as questões prontas, faça um teste final para descobrir dúvidas sobre o perfil procurado, as competências e habilidades dos possíveis entrevistados. Isso vai te ajudar a crescer como profissional e avaliar seus métodos de seleção.

  • Treine os recrutadores

É importante garantir que os entrevistadores estejam treinados e sigam estritamente a estrutura. O entrevistador deve estar confiante com o roteiro das perguntas e seja capaz de analisar as diferentes tipos de resposta que irá ouvir e não ser influenciado por julgamentos pessoais durante o processo de seleção.  

  • Atualize constantemente.

Veja como os candidatos estão reagindo com o que é mostrado e mude algumas perguntas para não ficar previsível.

Além disso, caso haja alguma mudança nos requerimentos do cargo, na cultura organizacional ou gestores, veja como essas novas modificações podem alterar o roteiro da entrevista estruturada.  

Algumas dicas para essa parte do processo seletivo:

  • Esteja preparado. Um bom recrutador deve ter o domínio do assunto, saber quais são as habilidades e competências necessárias para o cargo. Estude bem o seu candidato antes da entrevista para conduzir melhor a conversa.
  • Esse é o momento o qual você está entrevistando o candidato, mas ele também está te avaliando para saber se realmente tem interesse na empresa. Tente encorajá-lo a falar pelo menos 70% da entrevista, mas tenha seu espaço para conversa também.
  • As perguntas devem estar focadas nas experiências anteriores do candidato. Não faça perguntas pessoais ou comprometedoras. Esse é o momento de ver o que o candidato tem que pode acrescentar no time e na empresa.
  • Mantenha contato visual para gerar simpatia e ajudar o candidato a focar;
  • Tente deixar o candidato confortável durante a entrevista. De início, tente fazer perguntas sobre hobbies e assuntos mais descontraídos para deixá-lo mais à vontade. Além disso, é importante que ele tenha um tempo para pensar antes de responder as perguntas;
  • Não julgue seu candidato pelo seu gosto pessoal. Aparência, roupas, corte de cabelo, maquiagem não devem ser critérios de escolha. Cuidado com o preconceito, que além de ser crime, pode afastar ótimos candidatos e pode sujar a imagem da sua empresa. Se esse julgamento for uma questão difícil de separar o seu critério de seleção, fale com diferentes colegas para ajudar na decisão.

Essas dicas são essenciais para que a entrevista estruturada seja realizada com sucesso em seus processo de recrutamento e seleção. Utilizar essa estratégia em seu processo seletivo é muito importante para melhorar sua qualidade de contratação e encontrar novos e ótimos talentos.

Conheça as vantagens da entrevista estruturada

A entrevista estruturada é um método que o processo segue alinhado e padronizado. A seleção terá um único direcionamento e todos os candidatos terão a mesma oportunidade, podendo serem avaliados da mesma maneira.

Afinal, quais são as vantagens?

1. Menos chance de erro

A entrevista conduzida de forma estruturada, garante que o entrevistador tenha um maior controle para evitar os possíveis erros que possam acontecer, além de seguir um roteiro que ajuda o seu trabalho.  

2. Menor imparcialidade no processo seletivo

Quando a entrevista não é estruturada, há chance do recrutador esquecer de fazer certas perguntas, ou fazer as perguntas erradas para os candidatos. Um candidato que tem o perfil desejado pela empresa pode ser prejudicado por não ter respondido as perguntas certas de um processo.

Assim, com a entrevista feita por um roteiro planejado terá a avaliação dos candidatos realizada de uma forma mais clara e objetiva onde todos os candidatos têm a mesma chance e o recrutador sabe exato as diferenças e como ranquear os melhores de acordo com os objetivos da empresa.

3. Maior precisão

Ao aplicar o processo de entrevista estruturada, a empresa tem um maior chance de precisão na hora de selecionar o candidato para a sua vaga.

Para que haja uma alta compatibilidade entre o candidato e a vaga da empresa, o recrutador deve entender o que a empresa busca, qual é o perfil de um profissional da equipe, além de um conhecimento profundo da empresa sobre sua cultura organizacional e o ambiente de trabalho.

Com esse método, o recrutador pode elaborar um processo com as perguntas certas que serão feitas aos candidatos. Perguntas essas que fazem sentido e se encaixam nas informações que são necessárias para o critério de avaliação de candidato.

4. Análise de respostas

Com a padronização da entrevista, o momento de analisar e comparar as respostas será bem mais fácil, pois possibilita uma melhor classificação dos dados coletados. As chances de escolher os melhores candidatos será maior, por ser mais fácil identificar quais os candidatos possuem os requisitos e características mais relevantes para o cargo o qual estão fazendo o processo seletivo.

Como você pode ler no nosso artigo, a entrevista estruturada pode ser aplicada em diferente tipos de negócios. É vantajosa para todos os mercados, mas o fator mais importante dela é que precisa de muito planejamento para ser bem aplicada e bem sucedida. Veja com a sua equipe de recursos humanos se ela faz sentido na realidade de vocês e, se for o caso, como pode ser aplicada na realidade do processo de recrutamento e seleção de vocês. A entrevista de emprego é um momento essencial para o entrevistador e o candidato, é o momento da verdade. O ideal é que este momento esteja muito bem planejado visando uma ótima contratação para a sua empresa.