Liderança coercitiva: o que é e as influências negativas para a empresa

5 (100%) 1 vote[s]

O que é Liderança coercitiva?

De acordo com o dicionário, coercitivo significa obrigar, forçar ou coagir. O uso dessa palavra está atrelada a uma ordem ou medida exigida que deve ser cumprida, com a expressão de opressão e autoridade. Assim, podemos definir Liderança Coercitiva como um tipo de liderança onde o líder usa sua força e poder para obrigar seus profissionais a realizarem o que ele quiser.

Esse tipo de liderança se assemelha a um modelo autocrático, onde quem toma as decisões é o gestor e seus subordinados devem aceitar sem poder contribuir com suas visões. É utilizada uma estratégia de medo e punição para motivar sua equipe a alcançar os resultados desejados. É uma gestão que há muita cobrança com uma intensa pressão psicológica e a lembrança de erros, que podem acabar em punições.

Neste tipo de gestão, o funcionário é visto como apenas mão de obra, que não possui voz. Assim, os profissionais da equipe podem acabar se sentidos intimidados e mais contidos, num ambiente onde temem ser pró-ativos e limitados.

Acredita-se que esse tipo de liderança é uma herança de uma recessão econômica, onde o desemprego ficou em alta e as autoridades abusam do sentimento de “medo de perder o emprego” e sabiam que seus subordinados fariam o que eles mandassem. Porém, não se pensava que esse tipo de método não incentivava uma alta produtividade. Mas, este tipo de gestão está em queda por não trazer motivação e a nova geração se preocupar demais com o clima do ambiente de trabalho e sua qualidade de vida.

Impactos da Liderança coercitiva na organização

As tais  punições mencionadas acima podem ser, por exemplo, se o líder acha que o profissional foi incapaz de entregar o resultado esperado, ele não merece uma promoção, horas extras forçada, desconto em salário  e, em casos mais extremos, uma demissão.

O feedback é sempre essencial para o crescimento dos indivíduos, mas ele deve ser dado de uma maneira específica. Um feedback negativo deve ser comunicado em particular e acompanhado de um feedback positivo. Porém, é comum que na prática da liderança coercitiva, o chefe dê o feedback negativo de seus colaboradores na frente de seus colegas, gerando um sentimento de humilhação.

A consequência desse tipo de gestão é que o ambiente de trabalho seja mais pesado, onde os profissionais estão constantemente estressados e nervosos por não possuírem apoio de seu líder e qualquer erro pode ser crucial para a sua carreira. Os colaboradores ficam desmotivados, sem vontade de trabalhar nesse clima e gera a perda de bons talentos, já que não querem trabalhar para pessoas autoritárias que não apreciam seus subordinados.  

Transforme o ambiente com uma liderança inspiradora

Entendemos que a competitividade é alta e há uma grande cobrança de resultados dos profissionais. Mas não será em um ambiente tenso com uma liderança coercitiva que isso será resolvido. Pelo o contrário, os colaboradores precisam de um líder que os incentivem, motivem, e façam com que o ambiente de trabalho seja inspirador e dê vontade de correr atrás do tão esperados objetivos.

É assim que apresentamos um outro tipo de liderança, a liderança inspiradora. Como o próprio nome já diz, ela inspira, motiva os indivíduos a irem atrás de seus objetivos e ir em busca de uma alta performance. Além disso, o líder valoriza seus subordinados, reconhece seus conhecimentos, visões e opiniões na hora de tomada de decisões.

Não ache que esse tipo de liderança não cobra por resultados e performance. O gestor que aplica esse tipo de gestão entende que a melhor e mais inteligente maneira de liderar uma equipe é através de uma postura positiva, com comunicação assertiva e melhor relacionamento interpessoal.

Quando a equipe se sente motivada e inspirada, o gestor não precisa estar sempre cobrando, pois sua equipe se sentirá valorizada e parte da empresa e, por isso, terão vontade de colaborar espontaneamente e o negócio ser bem sucedido.

Procure acabar com a liderança coercitiva da sua empresa ajude seus colaboradores a adotarem postura diferente, positiva, produtiva. Os seus resultados serão o reflexo de como é o seu ambiente de trabalho.