O caminho para um processo seletivo de sucesso com profissionais de tecnologia

O caminho para um processo seletivo de sucesso com profissionais de tecnologia

Existe um conjunto de coisas que torna um processo seletivo desmotivador e desinteressante para um candidato, e às vezes, os fatores desanimadores são tantos, que o profissional prefere desistir do cargo ofertado, mesmo possuindo um currículo compatível com as exigências da vaga.

Essa situação é extremamente prejudicial para empresa que busca novos talentos no mercado, principalmente para preencher vagas de tecnologia, pois além de poder atrasar o processo de contratação, existe uma grande chance de perda de talentos ideais para aquela vaga, limitando assim, as opções de contratação da organização.

Sendo assim, é fundamental para uma equipe de RH saber desenvolver um processo de seleção otimizado, que consiga testar o candidato de forma eficiente sem causar desgastes desnecessários para o mesmo, e o primeiro passo para criar este processo de sucesso é saber quais são os principais pontos aos quais se deve atentar.

plano-gratis-jobconvo

Como conduzir o seu processo seletivo

Pontos muito importante durante todo o processo são a sua duração e sua complexidade. Um processo seletivo muito longo e excessivamente complicado traz muitos malefícios, tais quais o aumento de custos do mesmo, a ameaça da concorrência em ser mais ágil na captura de um talento disputado, a queda de produtividade da equipe que se vê temporariamente desfalcada e afeta negativamente a imagem da empresa aos olhos de possíveis candidatos, que passam a pensar duas vezes antes de se candidatar a uma vaga.

E não é só isso, cada etapa do processo demanda uma certa atenção do profissional de RH que a conduz e possui um curso de ação mais adequando para garantir sua boa execução.

Descrição

Primeiro você deve entender que cada etapa do processo seletivo merece dedicação e aperfeiçoamento, e tudo começa pela descrição da vaga ofertada. Uma descrição pouco objetiva e pouco informativa é, com certeza, um grande empecilho dentro de um processo de contratação. É necessário que durante a criação desta descrição esteja bem claro qual o perfil ideal buscado pelo contratante e como devemos nos comunicar com ele de forma que evidencie os pontos mais atrativos da oportunidade e transpareça a cultura da empresa.

Para cumprir essas exigências, envolva o gestor da área no processo seletivo, procure extrair dele as informações primordiais de interesse da vaga:

– Competências necessárias;

– Experiência profissional e formação desejada;

– Responsabilidades inerentes ao cargo;

– Salário e benefícios oferecidos.

Com este conteúdo e uma certa escrita crítica persuasiva, você tem exatamente o que uma descrição sensacional precisa.

Mapeamento

Em seguida você precisa entender onde está o seu público de contratação, ou seja, em quais plataformas estão os seus profissionais ideais e como você pode chegar até eles estrategicamente. Anunciar em qualquer lugar de forma deliberada pode comprometer muito o seu alcance de pessoas interessadas e qualificadas para o cargo. Por exemplo, no caso do recrutamento tech, o segredo está em utilizar canais voltados especificamente para pessoas de tecnologia, como um marketplace de desenvolvedores, onde é possível encontrar candidatos qualificados e convidá-los para participar do seu processo seletivo.

Entenda que quando o assunto é divulgar vagas, é possível recorrer a muitas opções: sites de emprego, mídias sociais, eventos, página de carreiras e por aí vai, não menospreze os seus recursos e saiba administrá-los.

Triagem

Após a aplicação das etapas anteriores, chega o momento de realizar a triagem dos candidatos, essa etapa é muito importante, pois é aqui que se realiza uma seleção dos currículos mais compatíveis com a vaga em nível de competência e habilidades. Essa é uma etapa que demanda uma avaliação minuciosa, portanto se realizada de forma displicente irá prejudicar toda assertividade do processo. E lembrando que, é uma etapa totalmente automatizável, e a própria plataforma JobConvo possui ferramentas que realizam esta triagem com alta meticulosidade em instantes.

Testes e Entrevista

Após essa seleção prévia de compatibilidade curricular, se inicia a fase de testes que culminará na entrevista direta com o candidato. Ambas as estratégias tem como finalidade conhecer mais a fundo o indivíduo, e permitir que ele conheça a empresa, a fim de identificar se existe fit cultural e determinar o nível das Hard e Soft Skills desse possível contratado.

As ferramentas e abordagens aplicadas aqui são determinantes e os erros podem custar caro. Portanto, na hora de definir quais testes realizar, é importante ter equilíbrio: o excesso de testes é um dos motivos que mais levam os candidatos a desistirem de uma vaga no meio do processo seletivo. E para entrevista, é ideal definir o tom, onde seja incentivada a fluidez da conversa nos termos que todos os envolvidos estejam o mais confortáveis possível, assim, a qualidade das informações trocadas ali, será significativamente superior.

Logo, é preciso ter objetividade na formulação das etapas de um processo seletivo, e ainda mais quando se trata de profissionais tech que são muito concorridos e possuem um poder de escolha muito grande entre as opções de contratação do mercado, este funcionário precisa ser conquistado de uma certa forma.

Romper os desafios da contratação de um bom profissional de tecnologia já é algo muito difícil atualmente, e se atrelado a estas dificuldades estiver um processo completamente desgastante de recrutamento, acaba se tornando impossível conseguir um talento que atenda as expectativas do cargo disponível.

Em pesquisas realizadas pela Geek Hunter, diversos dados e porcentagens apontam a insatisfação dos profissionais da área ao se deparar com vagas pouco descritivas, com processos seletivos extremamente exigentes, com duração de 60 dias ou mais, demandas volumosas que não se equiparam ao montante salarial oferecido, entre outros problemas.

Portanto, a fórmula para um processo de seleção de sucesso, que ostente um perfil de eficiência pertinente o suficiente para conquistar um talento da área de TI, e correlatas, é a mesma aplicada para os candidatos de qualquer área de atuação.

Para realizar um processo seletivo que cumpra todos os pré-requisitos de eficiência com agilidade, podemos sempre contar com o melhor da tecnologia. Afinal, nos dias atuais, ter boas ferramentas em mãos é a chave para alcançar resultados cada vez mais assertivos em um período de tempo cada vez menor.

Neste contexto as plataformas de recrutamento e seleção são excelentes investimentos que podem fazer toda a diferença na hora de garantir aquele mega talento tech no seu processo de contratação, e nós temos uma das melhores ferramentas de recrutamento e seleção do mercado!

plano-gratis-jobconvo

Sobre o autor

JobConvo

A JobConvo foi desenvolvida para crescer com a sua empresa – fornecendo os recursos e a flexibilidade de que você precisa em cada estágio. Se a sua empresa possui 1 ou 10.000 funcionários, pode contar conosco. Atualmente nossas soluções abrangem plataforma de Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção e admissão digital, onde você pode gerir todo o processo com um sistema com inteligência artificial.

Newsletter BR

Pesquisa Vagas

Vagas Tech

PodCast

Sobre a JobConvo

Plataforma Líder em Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção

  • Crie requisições;
  • Personalize e automatize as etapas dos processos;
  • Compartilhe as vagas em diversos canais;
  • Aplique testes técnicos;
  • Faça o Fit Cultural e a tendência de comportamento dos candidatos;
  • Analise as vídeo entrevistas;
  • Compartilhe os finalistas com gestores;
  • Analise os relatórios;
  • Faça a admissão digital.

Saiba mais