Propaganda

Teste de perfil comportamental: o que é e como aplicar? Veja!

Teste de perfil comportamental: o que é e como aplicar? Veja!
Propaganda

Com a busca contínua dos gestores de RH por uma boa retenção de talentos e pelos profissionais mais adequados a empresa, diversas estratégias e métodos de avaliação surgiram e têm auxiliado o processo de gestão de pessoas. O teste de perfil comportamental é um dos que tem se tornado cada vez mais essencial nas organizações.

Dentro do mundo corporativo é comum e de grande importância analisar as formações técnicas, acadêmicas e outras habilidades que o profissional foi ensinado ao longo da sua carreira. Porém, de nada vale todas essas habilidades se o perfil comportamental da pessoa não se adequa ao que a organização procura ao preencher seu quadro de funcionários.

Mas, como este teste de perfil é feito? E como ele pode auxiliar na escolha dos colaboradores? Continue acompanhando a leitura e confira todas essas respostas.

O que é um teste de perfil comportamental?

O teste de perfil comportamental é uma ferramenta que permite identificar as habilidades e tendências comportamentais de uma pessoa. Os traços da personalidade e psicológicos são examinados e geram uma análise final do perfil do indivíduo. 

É muito utilizado pelas empresas, pois com esse teste é possível conhecer mais profundamente as características dos colaboradores, além de poder ser aplicado a qualquer tipo de perfil profissional, seja qual for o cargo e função exercida.

Qual o objetivo do teste de perfil comportamental no RH?

Por muito tempo, as organizações apenas se preocupavam com as habilidades provenientes de cursos, graduações, técnicos, entre outros conhecimentos. 

Para os gestores de RH, a forma como um colaborador vai se comportar e reagir a diversas situações dentro de uma companhia também é algo de grande interesse. Isso porque essas características comportamentais terão influência direta na produtividade da equipe e nos resultados oferecidos.

A dica é sempre equilibrar as hard skills com as soft skills na hora de fazer uma avaliação. Assim, as chances da produtividade da equipe aumentar e gerar melhores resultados são maiores. 

O teste de perfil é essencial para ajudar o RH a identificar as características dos colaboradores, facilitando a busca por novos talentos e auxiliando a gestão e organização das equipes dentro da empresa. 

Assim, se torna possível unir profissionais com características compatíveis, gerando um clima organizacional mais sadio e harmonioso. Além de servir como um filtro na hora da triagem de seleção de novos funcionários, permitindo escolhas mais estratégicas.

Quais são os tipos de teste comportamentais?

Existem algumas metodologias e diferentes tipos de testes dentro da gestão comportamental e a empresa precisa escolher qual ela vai utilizar. Isso irá depender das preferências do RH e qual método os gestores acreditam que se encaixe melhor no perfil da organização. Confira os principais e mais utilizados:

1. Metodologia DISC

Este teste é um dos mais conhecidos e utilizados. O criador da metodologia procurava identificar os traços e comportamentos previsíveis de pessoas comuns em diferentes ambientes. São utilizados 4 tipos de personalidades comportamentais na avaliação. Confira:

  • Dominance (Dominância): fornece dados sobre o perfil comportamental predominante. Mostra como uma pessoa responde a desafios e dificuldades;
  • Influence (Influência): traz informações detalhadas sobre relacionamentos interpessoais e avalia a capacidade de influência;
  • Steadiness (Estabilidade): mostra como a pessoa responde às mudanças e como se posiciona em momentos de transição;
  • Conscientiousness (Conformidade): mostra a capacidade da pessoa de se adequar e seguir regras.

2. Metodologia STAR

Este é um método de entrevista que auxilia a identificar e avaliar como foram as experiências profissionais passadas do colaborador. A nomenclatura vem de Situação, Tarefa, Ação e Resultado. O candidato precisa escolher uma situação de trabalho específica e responder algumas questões para análise. Veja a seguir as perguntas que costumam ser utilizadas:

  • Conte-me sobre um momento em que …;
  • O que você faz quando…;
  • Você já…;
  • Me dê um exemplo de …;
  • Descreva um…;

3. Teste dos bichos

A Teoria da Dominância Cerebral, conhecida como teste dos bichos, consiste na análise do cérebro humano em quatro quadrantes. São eles: analítico, organizador, relacional e experimental. É feito de forma mais criativa e os perfis são representados por animais e suas características. Confira:

  • Tubarão, o proativo: indivíduos fortes e focados em resultados. São capazes de superar os maiores desafios com determinação e de forma ágil e precisa;
  • Gato, o comunicador: indivíduos mais abertos e com facilidade no trabalho em equipe. São receptivos, de fácil comunicação e pacíficos;
  • Águia, o idealizador: indivíduos visionários, com foco no futuro e no lado criativo;
  • Lobo, o organizador: indivíduos com visão estratégica e capazes de colocar os planos mais complexos em prática de forma efetiva e precisa.

4. Teste Fit Cultural

O teste Fit Cultural consiste em fazer o alinhamento entre os valores e características do profissional e da empresa. Ou seja, ele é a base utilizada para medir se o candidato se encaixa perfeitamente no ambiente de trabalho ao qual a empresa deseja inseri-lo. Confira os 7 valores culturais representados por este teste:

  • Competitividade;
  • Responsabilidade social;
  • Motivação;
  • Inovação;
  • Remuneração;
  • Resultados;
  • Estabilidade.

Quais os benefícios da análise de perfil comportamental?

Confira abaixo os principais benefícios que as análises comportamentais podem trazer a uma organização:

Redução do turnover

Com o aumento da assertividade na seleção, a empresa é preenchida com os profissionais certos e adequados. Isso diminui o turnover e facilita a retenção de talentos. Além da adaptação ocorrer de forma mais ágil, acelerando os melhores resultados.

Aumento da produtividade

Com as análises comportamentais, os colaboradores passam a ter atribuições que são facilmente desenvolvidas por eles. Isso aumenta a produtividade e a qualidade dos resultados oferecidos, trazendo inúmeros benefícios a empresa.

Equipes motivadas

Com a possibilidade de reunir os profissionais com características compatíveis, a formação de equipes possuem alinhamento entre si, tornando-as fortes, integradas e capazes de produzir melhores resultados. Além da melhora nos relacionamentos interpessoais entre os colaboradores, gerando engajamento e motivação.

Como aplicar o teste de perfil comportamental?

Afinal, como colocar em prática o teste de perfil comportamental? O teste pode ser aplicado de diversas formas. Podem ser realizadas entrevistas pessoais, questionários ou até mesmo dinâmicas. 

Tudo vai depender da metodologia escolhida e a melhor forma como ela pode ser aplicada na organização. Mas lembre-se, seja qual for o método escolhido, as avaliações precisam ser registradas e documentadas para serem utilizadas nas tomadas de decisão.

Com os avanços da tecnologia, se tornou muito mais fácil fazer a aplicação desses testes. A utilização de softwares para recrutamento e seleção permitem que esse processo seja feito de forma automatizada, economizando tempo e dinheiro.Agora que você sabe da importância das análises comportamentais, é hora de colocar em prática e aplicar os testes na sua empresa. Com o software da JobConvo é possível realizar testes comportamentais com rapidez e de forma automatizada. Solicite uma demonstração GRATUITA aqui!

Propaganda

Sobre o autor

JobConvo

A JobConvo foi desenvolvida para crescer com a sua empresa – fornecendo os recursos e a flexibilidade de que você precisa em cada estágio. Se a sua empresa possui 1 ou 10.000 funcionários, pode contar conosco. Atualmente nossas soluções abrangem plataforma de Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção e admissão digital, onde você pode gerir todo o processo com um sistema com inteligência artificial.

Idiomas

Sobre a JobConvo

Plataforma Líder em Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção

  • Crie requisições;
  • Personalize e automatize as etapas dos processos;
  • Compartilhe as vagas em diversos canais;
  • Aplique testes técnicos;
  • Faça o Fit Cultural e a tendência de comportamento dos candidatos;
  • Analise as vídeo entrevistas;
  • Compartilhe os finalistas com gestores;
  • Analise os relatórios;
  • Faça a admissão digital.

Saiba mais