DISC: Conheça o teste e saiba como aplicar no seu processo seletivo

DISC: Conheça o teste e saiba como aplicar no seu processo seletivo

Se você é profissional de RH, em algum momento de sua vida já ouviu falar do teste DISC: uma metodologia criada no início do século XX pelo psicólogo William Moulton Marston e que tem sido aplicada nas empresas ao redor do mundo. 

Afinal, como ele pode ser vantajoso para o processo seletivo? É o que iremos abordar neste artigo. Continue acompanhando a leitura e saiba tudo sobre o teste DISC!

O que é o teste DISC?   

A avaliação psicológica do teste DISC é utilizada por profissionais de RH para identificar quatro tipos básicos de comportamento nos candidatos: Dominância (D), Influência (I), Estabilidade (S) e Complacência (C). 

A origem do teste está na obra clássica da psicologia “As emoções das pessoas normais”, publicada originalmente por Marston em 1928. A obra contribuiu para o desenvolvimento das primeiras ferramentas de análise de perfil comportamental, em 1945. 

Marston constatou que os indivíduos são influenciados por fatores internos e externos, o que acaba impactando seus comportamentos.

O aspecto interno compreende a percepção do próprio indivíduo em relação a si mesmo no meio em que vive. Os fatores externos se relacionam com a percepção que o indivíduo tem do seu papel no ambiente.

Os quatro tipos comportamentais descritos pelo autor do livro (os quais originaram a expressão DISC) foram:

  • Dominance (dominância): esse perfil é referente ao indivíduo que tem como características dominantes o controle, o poder e a assertividade;
  • Influence (influência): característica relacionada às pessoas que são mais aptas para comunicação e relações sociais;
  • Steadiness (estabilidade): diz respeito à paciência e persistência;
  • Conscientiousness (cautela): relativa às pessoas que prezam mais a organização e a estrutura.

Vale lembrar que todas as pessoas vão possuir mais de uma dessas características comportamentais. A importância do método DISC está justamente em identificar o perfil psicológico e comportamental predominante do indivíduo. Essa informação é fundamental para descobrir o candidato mais indicado para determinado cargo dentro de uma organização, além de reter talentos dentro da empresa.

Como fazer o teste DISC?

O teste DISC é aplicado pelo profissional de RH por meio de questionários e formulários. São essas perguntas que irão identificar o perfil dominante de cada profissional.

O teste pode seguir diferentes métodos e relatórios, e pode ser aplicado em formulários simples e complexos. Após  serem analisados pelo profissional de RH, esses dados criam representações gráficas avançadas a partir das respostas. Mas lembre-se: para que seja realmente considerado um teste DISC, a ferramenta de análise utilizada pelo RH deve estar baseada nos conceitos originais de Marston.

Um dos modelos mais aplicados ainda é o questionário de múltipla escolha, formado por perguntas que abordam opiniões e preferências pessoais dos participantes e que requerem respostas intuitivas e espontâneas. 

O resultado é ideal para os gestores, que assim podem conhecer mais sobre a personalidade do candidato e suas atitudes diante de determinado meio organizacional.

Os quatro perfis comportamentais

O ser humano é muito complexo em sua personalidade e dessa forma pode apresentar uma ou duas características dos perfis do teste DISC. E é por isso que essa metodologia é importante, pois funciona para ajudar o profissional de RH a descobrir qual perfil se sobressai e qual é o profissional mais indicado para um cargo a ser ocupado. A seguir separamos as características fundamentais de cada perfil:

Perfil Executor

Os profissionais desse perfil costumam valorizar  o  resultado e a velocidade. Ideais para os cargos de liderança, pois priorizam a ação e dinamismo. 

O executor costuma assumir riscos dentro das empresas, além de ter características como: capacidade de liderança, autoconfiança, coragem, posicionamento forte e disposição para defender seus pontos de vista.

Esse tipo de perfil acredita que pode fazer e é realmente capaz, pois tem força de vontade e determinação. Ele não deixa se abalar com obstáculos e os vê como estímulos para o seu desenvolvimento pessoal e profissional. 

Por outro lado, se o executor for impaciente, ele pode agir impulsivamente e tomar atitudes sem muita cautela. Muitas vezes, também será preciso trabalhar o seu temperamento e comportamento autoritário. 

Perfil Comunicador

Os candidatos dentro desse perfil são ótimos para áreas de marketing, relações públicas, jornalismo etc, pois são pessoas voltadas para a comunicação. Possuem muita facilidade no relacionamento interpessoal dentro das empresas, trabalham bem em equipe e costumam ter uma relação amigável com os diferentes departamentos e colegas de trabalho. Por gostarem muito do contato social, geralmente necessitam de reconhecimento e valorização.

Os comunicadores apreciam trabalhos movimentados e são muito estimulados por novidades. Além disso, possuem um raciocínio rápido, são otimistas e ágeis. 

Esse perfil pode precisar ser gerenciado para manter o foco. Por serem muito atraídos por novidades, podem ter dificuldades em se manter por muito tempo em uma mesma tarefa ou objetivo.

Perfil Planejador

A característica do perfil planejador é a linearidade, pois esse profissional preza muito pelo equilíbrio e pela harmonia no ambiente de trabalho. 

O planejador prefere seguir uma rotina e é muito disciplinado, com grande capacidade de pensamento estratégico, excelente para traçar objetivos e planos de ação. Entre as suas outras qualidades, podemos destacar a paciência e o bom senso, mesmo em situações emergenciais. Possui grande preocupação com o grupo, mesmo tendo um perfil introvertido.  

Por buscarem muito a segurança, podem demorar a executar as tarefas necessárias e muitas vezes precisam ser estimulados para isso.

Perfil Analista

Por último, dentro da metodologia DISC, temos o perfil analista, que costuma ser mais orientado para os processos do que para as relações interpessoais.  

O analista é ótimo para analisar riscos e executar com qualidade todas as tarefas que são propostas, primando pelo perfeccionismo e detalhes. 

Este profissional costuma ser uma pessoa reservada, ágil, inteligente e sensível às críticas. Entre as questões que precisam ser trabalhadas, podemos citar o excesso de perfeccionismo e, às vezes, o pessimismo. 

A importância do teste DISC no recrutamento e seleção

Como já abordado anteriormente, a metodologia DISC é bastante aplicada em  processos de recrutamento e seleção a fim de ajudar o profissional de RH a encontrar o candidato ideal para uma determinada vaga. Uma das razões da confiança no teste é a assertividade da ferramenta para prever determinados padrões de comportamento.  

Ao aplicar o teste DISC no início de um processo seletivo, o RH já consegue fazer uma triagem comportamental eliminando candidatos que talvez não sirvam para a vaga em questão. 

Outra vantagem dessa metodologia é a praticidade de poder aplicar o teste de forma remota. Além disso,  o sistema guarda todas as informações dos candidatos que poderão ser usadas para a triagem da vaga ou até mesmo para futuras oportunidades. 

A ferramenta DISC também ajuda a fazer uma seleção mais assertiva, pois ao conhecer mais a personalidade do entrevistado, o profissional consegue fazer uma entrevista mais direcionada. 

As vantagens de aplicar o DISC 

Existem inúmeras vantagens em aplicar o método DISC e ele pode ser utilizado em diversas situações, como:

  • Para as seleções internas, ajudando o profissional a mudar o cargo dentro da empresa;
  • Para seleções externas, ajudando a encontrar o perfil mais indicado para a vaga;
  • Para o trabalho em equipe e outras situações organizacionais. 

Vamos conferir as vantagens?

Treinamentos

O conhecimento sobre os quatro perfis do teste DISC permite ao RH realizar um treinamento comportamental mais focado nas especificidades de cada perfil, garantindo que o conteúdo seja passado de forma mais assertiva e produtiva. 

Plano de Desenvolvimento Individual

A Metodologia DISC é uma ferramenta de RH que tem ajudado as empresas a desenvolverem competências necessárias aos seus funcionários. Desse modo, fica mais fácil para o gestor entender em quais pontos vale a pena investir no profissional e quais exigências não fazem sentido dentro de cada perfil.

Por exemplo, se o profissional analista precisa interagir mais com os colegas, o RH precisará trabalhar mais a competência de sociabilidade desse funcionário, sem forçá-lo a ser um orador ou um comunicador nato.  

Desenvolvimento de Lideranças

A Metodologia DISC também permite aos líderes gerir de forma mais clara e entender mais a sua equipe. Isso porque o relatório traz informações sobre o perfil de cada colaborador, auxiliando os líderes a exercerem o seu papel de gestores de pessoas.

Trabalho em Equipe 

Conhecendo as habilidades de cada colaborador, o gestor pode criar uma equipe de alta performance, tornando o trabalho mais produtivo. É possível conciliar um time com profissionais de diferentes perfis que possam dessa forma cooperar entre si e ajudar a empresa a atingir as metas. 

Conhecer o perfil ideal para cada área ajuda os gestores a alocar as competências necessárias dentro dos times certos. 

Melhorar o Feedback

Quando temos conhecimento sobre os perfis de cada colaborador, aprendemos também qual é a melhor maneira de dar feedbacks para cada profissional, sejam eles positivos ou negativos.

A metodologia DISC serve também para melhorar os feedbacks da avaliação de desempenho, para conflitos pontuais e até para o reconhecimento das habilidades dos colaboradores. 

Um dos grandes passos da gestão de pessoas é saber valorizar os indivíduos, oferecendo um  feedback importante e que agregue valor para quem o recebe.

Como vimos, os benefícios da Metodologia DISC são inúmeros! Eles podem ser  aplicados em qualquer cenário que envolva gestão de pessoas, desde uma resolução de conflitos até uma mudança organizacional. 

Dessa forma, todas as áreas da empresa se beneficiam e a organização ganha em vantagem competitiva por aumentar a produtividade e a satisfação dos colaboradores.

Gostou deste artigo? Para continuar aprendendo mais sobre estratégias eficazes de R&S, confira o nosso conteúdo completo sobre teste de perfil comportamental. Não deixe de conferir!

Sobre o autor

JobConvo

A JobConvo foi desenvolvida para crescer com a sua empresa – fornecendo os recursos e a flexibilidade de que você precisa em cada estágio. Se a sua empresa possui 1 ou 10.000 funcionários, pode contar conosco. Atualmente nossas soluções abrangem plataforma de Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção e admissão digital, onde você pode gerir todo o processo com um sistema com inteligência artificial.

Idiomas

Sobre a JobConvo

Plataforma Líder em Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção

  • Crie requisições;
  • Personalize e automatize as etapas dos processos;
  • Compartilhe as vagas em diversos canais;
  • Aplique testes técnicos;
  • Faça o Fit Cultural e a tendência de comportamento dos candidatos;
  • Analise as vídeo entrevistas;
  • Compartilhe os finalistas com gestores;
  • Analise os relatórios;
  • Faça a admissão digital.

Saiba mais