Teste Fit Cultural: o que é e como fazer? Benefícios e aplicação!

Teste Fit Cultural: o que é e como fazer? Benefícios e aplicação!

O Fit Cultural é a cola que mantém uma organização unida. Por isso, ele é um traço fundamental que a empresa deve procurar nos candidatos quando estiver executando processos de recrutamento. No entanto, é importante entender que a contratação por teste Fit Cultural não significa contratar pessoas que sejam todas iguais. Os valores e atributos que compõem uma cultura organizacional podem e devem ser refletidos em uma força de trabalho diversificada.

Então, se você ainda não sabe o que é e como é feito o teste de fit cultural, preparamos um guia para o uso dessa ferramenta de recursos humanos. Aqui, você vai encontrar tudo o que precisa saber para a implementação deste método. E, além de descobrir o quanto ele é benéfico para uma empresa, vai ver o que precisa fazer para usá-lo e garantir bons resultados. Continue acompanhando a leitura!

O que é um teste de Fit cultural?

O Fit Cultural é o alinhamento entre os valores e características do profissional e da empresa. Ou seja, ele é a base utilizada para medir se o candidato se encaixa perfeitamente no ambiente de trabalho ao qual a empresa deseja inseri-lo. Desse modo, ele mede se será fácil para a empresa encaixá-lo e adaptá-lo ao seu quadro de colaboradores. 

A cultura organizacional tem grande importância neste processo. Afinal, ela representa os valores de uma empresa. Os colaboradores da organização precisam se encaixar nessa cultura para que ela seja fortalecida e a organização se destaque cada vez mais no mercado.

Portanto, o teste fit cultural é uma ferramenta de recursos humanos que permite analisar e medir a afinidade de cultura entre candidato e empresa. Essa informação que ditará se o candidato terá um bom entrosamento com a equipe, qual é o seu grau de automotivação, forma como lida com o ambiente de trabalho, entre outros. Com isso, é possível saber quais são as chances de retenção de talentos.

Para que serve o teste fit cultural?

O teste fit cultural serve como um identificador das soft skills (competências comportamentais) dos profissionais. Ele busca extrair informações dos candidatos, como: sua linguagem, postura, habilidades, comportamentos e objetivos. Desse modo, nos casos em que estes itens se encaixam com a visão, missão e valores da empresa, é sinal de que a pessoa tem condições de ser contratada e contribuir com todo seu potencial.

Quando todo um time de funcionários trabalha em sintonia com a cultura da empresa, eles estarão mais dispostos e empenhados a atingir os objetivos organizacionais. Afinal, todos estarão alinhados em um único foco. 

Isso irá proporcionar diversos benefícios, que abordaremos nos próximos tópicos. Continue acompanhando!

Quais são os benefícios do teste fit cultural?

O teste fit cultural impacta diretamente na retenção de talentos, pois ele permite que a cultura da organização tenha continuidade. Afinal, como já foi abordado aqui, ele reforça os seus valores. Implementá-lo no programa de recrutamento e seleção é importante para que a empresa possa crescer de forma saudável e alinhada. São inúmeros os benefícios do teste fit cultural para a organização. Entre eles podemos destacar:

1. Aumento de contratações assertivas

O teste de Fit Cultural aumenta a assertividade na seleção. Pois, a partir dele é possível atrair e contratar os profissionais certos de acordo com os requisitos da vaga. Ou seja, são contratados profissionais perfeitos para a vaga, que se adaptam rapidamente ao trabalho e aos colegas de equipe. Além disso, eles produzem bem e de acordo com as necessidades da empresa, agindo com decisões mais inteligentes, que beneficiam ambos os lados, seja a carreira do profissional ou os resultados da organização.

Com isso, a empresa tem mais facilidade para montar um time eficiente e coeso, o que irá proporcionar um melhor clima organizacional, uma maior produtividade, dentre outras vantagens. Como já abordamos, isso também faz com que a empresa tenha uma imagem cada vez mais forte no mercado, aumentando a sua vantagem competitiva.

2. Colaboradores como “embaixadores” da marca da empresa

Além de auxiliar na construção de um time eficiente, em que a equipe pode ter um rendimento maior, o Fit Cultural também faz com que os colaboradores sejam um reflexo da organização. Com isso, eles começam a se tornar “embaixadores” da marca da empresa, pois passam a comentar positivamente sobre ela com familiares, amigos e outras pessoas próximas. De forma resumida, a organização passa a ter maior alcance e fortalecimento da marca quando sua equipe concorda com os seus valores e cultura.

3. Retenção de talentos

Consequência da assertividade na contratação, nesse caso, a retenção de talentos é inevitável. Com a contratação de profissionais mais alinhados aos valores e objetivos da empresa, há um maior engajamento e desejo de pertencer,  o que causa um clima benéfico, garantindo que o profissional dê o seu melhor.

4. Equipes sinérgicas e motivadas

O teste fit cultural permite encontrar profissionais que se encaixam com a cultura dos demais colaboradores, fazendo com que tenham alinhamento entre si. Com isso, há um aumento na sinergia e na produtividade no trabalho. Além disso, garante mais facilidade em lidar com os colegas e superiores, facilitando que os colaboradores trabalhem motivados.

Por fim, sempre se lembre que caso existam funcionários que agem de forma oposta a cultura estabelecida, isso pode causar muitos prejuízos na empresa, até mesmo em sua imagem. 

O que os recrutadores precisam saber sobre o Teste Fit Cultural?

O resultado de um teste de Cultura Organizacional inadequado devido à rotatividade pode custar a uma organização entre 50-60% do salário anual da pessoa, de acordo com a Society for Human Resource Management (SHRM). Mas, antes que a equipe de contratação comece a medir a adequação de cultura dos candidatos, eles precisam ser capazes de definir e articular a cultura da organização – seus valores, metas e práticas – e, então, incluir esse entendimento no processo de contratação.

Para entender melhor como esse processo funciona e, como os recrutadores podem se beneficiar disso. Separamos alguns dos impactos do fit cultural na organização.

Processo de definição da cultura organizacional

O processo de definição da cultura organizacional pode assumir muitas formas, desde trabalhar com um consultor externo até discussões e grupos focais orientados pela equipe. E o resultado poderia ser uma declaração formal do CEO definindo a cultura da organização ou uma lista de normas culturais que regem o modo como a equipe interage umas com as outras – ou ambas. 

Identifica características críticas 

O importante é que os gerentes de contratação, entrevistadores, recrutadores e todos na sua empresa possam identificar características críticas que combinam bem com essa cultura. Por exemplo, se um forte senso de empreendedorismo for uma das marcas culturais de sua organização, garantir que candidatos potenciais sejam empreendedores, com um histórico de prosperar em ambientes similarmente empreendedores, será imperativo. Este seria um sinal fundamental do ajuste cultural.

Probabilidade de alguém se adaptar a organização

O Fit Cultural é a probabilidade de alguém refletir e/ou ser capaz de se adaptar às principais crenças, atitudes e comportamentos que compõem sua organização. Uma análise revelou que os funcionários que se encaixam bem com sua organização, colegas de trabalho e supervisor tinham maior satisfação no trabalho, eram mais propensos a permanecer com sua organização e mostraram desempenho de trabalho superior.

Não discrimina candidatos

Há muita conversa recentemente sobre como a procura por adequação cultural pode levar à discriminação contra os candidatos e à falta de diversidade. É importante entender que contratar baseando-se no Fit Cultural não significa contratar pessoas que sejam todas iguais. Como abordamos na introdução, os valores e atributos que compõem uma cultura organizacional podem e devem ser refletidos em uma força de trabalho diversificada.

Por exemplo, se a colaboração for um valor organizacional fundamental, as pessoas que tiverem uma crença genuína e autêntica no valor do trabalho colaborativo terão um ajuste cultural mais forte do que aquelas que se sentirem mais confortáveis como colaboradores individuais. Isso não significa que apenas as pessoas que vêm de um determinado plano de fundo ou que tenham um conjunto específico de experiências sejam colaborativas. 

Um gerente experiente em contratação sabe que uma crença profundamente enraizada na colaboração pode ser facilmente encontrada em um candidato com experiência corporativa, que trabalhou no setor sem fins lucrativos, ou um candidato que passou a maior parte de sua carreira nas forças armadas.

Como fazer teste fit cultural: passo a passo

Agora, confira o passo a passo de como aplicar o teste fit cultural:

1° passo: Defina o fit cultural para cada vaga

É essencial que antes de aplicar o teste você tenha definido especificidades da cultura para cada vaga. Isso irá ajudar no processo de recrutamento, pois servirá como guia para o sucesso na avaliação do candidato. Por isso, além das necessidades da vaga, que são pilares na empresa, é importante se atentar ao fit cultural necessário na área em que o profissional irá trabalhar.

2° passo: Coloque as características a serem alinhadas na descrição das vagas

O fit cultural é mais uma etapa do funil, onde é possível filtrar os candidatos que não tem sinergia com a cultura da empresa. Ou seja, assim como há uma seleção de candidatos a partir da análise do currículo, é possível selecionar apenas os que se encaixam com a cultura da empresa. Para isso, é importante colocar as características na descrição da vaga.

3° passo: Deixe os valores da empresa claros em toda a comunicação

Uma das partes importantes da atração de talentos é a comunicação da empresa. Os candidatos são atraídos para corporações das quais têm informações e conhecem o histórico. Por isso, deixar a página de “Quem Somos” no site e divulgar as informações nas redes sociais é muito importante.

Como aplicar o Teste Fit Cultural no recrutamento e seleção?

O Perfil da Cultura Organizacional foi desenvolvido por O’Reilly, Chatman, and Caldwell em 1991 sugerindo um modelo em que empresas avaliavam 54 valores culturais podendo estes serem mais característicos de uma organização ou menos característicos.

Quando funcionários ou candidatos realizavam este mesmo teste, comparavam-se os resultados e o alinhamento junto ao perfil da empresa.

Na plataforma da JobConvo, o modelo original foi atualizado para uma nova metodologia onde os valores representam 7 fatores culturais:

  1. Competitividade;
  2. Responsabilidade Social;
  3. Motivação;
  4. Inovação;
  5. Remuneração;
  6. Resultados;
  7. Estabilidade.

E assim o algoritmo da JobConvo interpreta os fatores culturais entre candidatos (ou funcionários) e empresas gerando um índice de ranqueamento para tomada de decisão do recrutador.

A importância do fit cultural no processo de recrutamento

Se você avaliar o Fit Cultural em todo o processo de recrutamento, irá garantir a contratação de pessoas que se tornarão fantásticas em suas novas funções, o que certamente ajudará a impulsionar o crescimento e o sucesso de longo prazo de sua organização. O ajuste dentro de sua equipe existente e a compreensão dos valores de sua empresa irão garantir que eles economizem tempo e dinheiro para substituí-los mais tarde.

O que isso significa é que, quando você contrata baseando-se tanto no perfil da vaga e quanto no perfil cultural, descobrirá que seus novos contratados:

  • Começarão a fazer parte da sua equipe mais rapidamente;
  • Começarão a contribuir mais rápido que os outros;
  • Estarão mais contentes em seu novo papel;
  • Tenderão a ficar mais tempo na empresa;
  • Tornarão-se embaixadores da marca;
  • É provável que se tornem “artistas de destaque”.

Quando você toma decisões de recrutamento apenas com base em habilidades e não leva em consideração o ajuste cultural do candidato, você pode descobrir que:

  • O candidato não se encaixa na sua equipe existente;
  • Candidatos poderão ficar rapidamente insatisfeitos com seu papel;
  • Não vão aderir aos valores e comportamentos esperados deles;
  • Poderão acabar saindo por demissão ou rescisão, mais rápido.

Assim, você pode ver os benefícios de garantir um ótimo ajuste cultural através do processo de recrutamento.

Quais são as ferramentas utilizadas para avaliar o fit cultural?

Conheça agora quais são as principais ferramentas utilizadas pelo RH para avaliar se um candidato possui o fit cultural:

Página de carreiras

A página de carreiras é um ótimo meio para compartilhar a cultura da empresa. Afinal, ela será a conexão entre as vagas disponíveis e os candidatos. Nela, os profissionais já poderão avaliar se a visão da organização é compatível com aquilo que eles acreditam e estão procurando. Para isso, a empresa pode utilizar depoimentos, vídeos e outros conteúdos que mostrem o seu potencial como marca empregadora.

Além disso, é fundamental que as descrições das vagas sejam bem detalhadas, já definindo quais são as soft skills necessárias e qual perfil a empresa procura para ocupar o cargo.

Entrevista

Para realizar a avaliação por meio da entrevista com o candidato, é preciso conduzir a conversa com perguntas situacionais. Dessa forma, será possível analisar as características da personalidade do profissional. 

É essencial que sejam elaboradas perguntas que irão extrair valores, pensamentos e comportamentos de forma natural. Portanto, é preciso evitar questões em que já exista uma resposta implícita esperada. Veja um exemplo: “Você trabalha bem em equipe?”. Não há dúvidas de que a maioria dos candidatos irá responder que sim, mesmo que isso não seja 100% verdade. Para ter mais assertividade nessa avaliação, as perguntas devem ser formuladas de forma neutra, para que assim o entrevistador possa extrair informações reais.

Perguntas de fit cultural para entrevista de emprego

Aqui estão algumas perguntas que ajudarão a avaliar a cultura de alguém em uma entrevista:

  • Em que tipo de cultura você se desenvolve?
  • Para quais valores você é atraído e qual é o seu local de trabalho ideal?
  • Porque você quer trabalhar aqui?
  • Como você descreveria nossa cultura com base no que você viu?
  • Quais práticas recomendadas você traria de outra organização?
  • Conte-me sobre uma época em que você trabalhou com ou para uma organização em que sentiu que não era um forte ajuste cultural. Por que foi um mau ajuste?

Testes de seleção

Os testes de seleção também podem ser uma ferramenta eficiente para avaliar os candidatos. O teste de perfil comportamental, por exemplo, consiste em um questionário que avalia os padrões de comportamento do profissional. Ele pode ser aplicado de forma online por meio de sistemas de recrutamento e seleção, que possuem uma grande vantagem por utilizar inteligência artificial para ranquear os perfis mais compatíveis com a vaga em aberto.

O conteúdo das perguntas baseia-se em temas que irão proporcionar respostas para analisar se o profissional se encaixa nas necessidades da organização. Por exemplo, se a vaga disponível for para liderar uma startup, o perfil deve possuir características específicas como criatividade e inovação.

Como o teste fit cultural ajuda a manter a cultura no ambiente de trabalho?

Numa empresa é essencial que a cultura da empresa como um todo seja preservada. Durante o processo seletivo, recrutadores sempre que possível, devem aplicar nos candidatos o teste de Fit Cultural. Dessa forma, é possível que durante o processo de seleção, assim como toda a gestão de pessoas da companhia esteja fundamentada no culture code.

A empresa só tem a ganhar quando as boas práticas são aplicadas no dia a dia do negócio. Além disso, deixa o ambiente de trabalho muito mais propício para a geração de valor e resultados.

E ainda, quando o ambiente de trabalho é um lugar onde colaboradores se sentem confortáveis em estar, o employer branding fica mais atrativo para futuros interessados em trabalhar na empresa.

Agora que você sabe da importância do teste fit cultural é hora de colocar a mão na massa. Com o software da Jobconvo é possível realizar o teste de forma automática, rápida e simples. Solicite uma demonstração aqui!

Sobre o autor

JobConvo

A JobConvo foi desenvolvida para crescer com a sua empresa – fornecendo os recursos e a flexibilidade de que você precisa em cada estágio. Se a sua empresa possui 1 ou 10.000 funcionários, pode contar conosco. Atualmente nossas soluções abrangem plataforma de Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção e admissão digital, onde você pode gerir todo o processo com um sistema com inteligência artificial.

Sobre a JobConvo

Plataforma Líder em Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção

  • Crie requisições;
  • Personalize e automatize as etapas dos processos;
  • Compartilhe as vagas em diversos canais;
  • Aplique testes técnicos;
  • Faça o Fit Cultural e a tendência de comportamento dos candidatos;
  • Analise as vídeo entrevistas;
  • Compartilhe os finalistas com gestores;
  • Analise os relatórios;
  • Faça a admissão digital.

Saiba mais