Home Office: como funciona? Veja as vantagens e como aderir

Home Office: como funciona? Veja as vantagens e como aderir

O que é e como funciona o Home office? Home office é escritório em casa. O trabalho home office pode funcionar a partir de três diferentes modalidades: 1) teletrabalho: para funcionários de empresas; 2) freelancer: trabalhando por projetos avulsos; 3) home based: como empresário com sede em uma residência.

home office

Com o passar dos anos as empresas foram se modificando e ampliaram o seu jeito de fazer negócio. Com a globalização e a automatização de processos as organizações se expandiram e transformaram o seu quadro de funcionários. Não apenas colaboradores que frequentam o escritório todos os dias, as empresas passaram por buscar talentos que se destaquem em qualquer lugar.

O home office, tradução literal, escritório em casa,  passou a ser comum para as empresas, mas também foi um meio de diversas pessoas conseguirem se superar diante da crise. Não apenas pessoas contratadas, com salário, ou donos de empresas, essa modalidade de trabalho fez com que surgissem freelancer de inúmeros segmentos.

Trabalhar no conforto de casa é o sonho de muitas pessoas, mas nem todas conseguem ter a disciplina necessária. Uma forma simples, dinâmica e eficaz de trabalho, o home office pode ser completamente benéfico para o indivíduo e a empresa, ou pode causar muitos problemas.

O que é home office?

Home office, ou trabalho remoto, é uma modalidade de trabalho que permite que o indivíduo exerça as suas funções diretamente de sua casa. O  trabalho remoto pode ser exercido em três modalidades diferentes:

  1. Teletrabalho: quando o indivíduo é funcionário de uma empresa e exerce as suas funções home office;
  2. Freelancer: quando o indivíduo trabalha por projetos avulsos (ex.: trabalho home office de digitação);
  3. Home based: quando o empresário tem a sede da sua empresa em sua residência.

Mas, seja qual for a modalidade do trabalho remoto, todos precisam dos mesmos recursos e comportamento.

Como funciona o home office?

O trabalho em casa funciona da mesma forma que o trabalho no escritório. Mas com algumas particularidades. Pois, por mais que haja disciplina e cumprimento de atividades como em um trabalho comum, no trabalho remoto o conforto e liberdade são maiores.

Estudos indicam o aumento da produtividade quando o indivíduo trabalha de casa. Porém, caso a pessoa não tenha um perfil específico para isso, pode ocorrer exatamente o contrário. Pois é necessário organização para cumprir regras, prazos e produção.

Home office segunda a nova lei trabalhista

As leis que respaldam os trabalhadores remotos foram alteradas com a reforma trabalhista. Algumas especificações apresentadas anteriormente foram alteradas de forma que a legislação pudesse estabelecer regras para as empresas contratarem colaboradores home office.

Muitas empresas acabam contratando colaboradores para exercer funções home office, mas não obedecem algumas especificações estabelecidas por lei. Com a reforma trabalhista alguns artigos da CLT foram alterados. Entenda como a lei funciona para o trabalho remoto:

Limite de jornada

A nova lei alterou o artigo 62 da CLT. Com isso, o limite de jornada de 8 horas diárias e 44 horas semanais não abrange os trabalhadores remotos, ou seja, os empregado ficam dispensados do controle de jornada;

Reembolso de custos do trabalhador

No ato de formalização do contrato, o trabalhador deve especificar todos os custos mensais e entrar em acordo com o patrão para reembolso. Com isso, os custos efetivos pagos pelo trabalhador, como água e luz, podem entrar no acordo, mas não há obrigatoriedade de reembolso. Já os gastos adicionais necessários à realização dos serviços, devem ser, obrigatoriamente, pagos pela empresa;

Equipamentos de trabalho

Com base na nova lei o empregado pode pedir reembolso pelas despesas dos equipamentos e infraestrutura necessários à prestação dos serviços remotos. Com isso, o empregador deve dar condições de trabalho ao empregado para desempenhar suas funções em sua residência, disponibilizando todos os equipamentos necessários.

Como trabalhar home office?

Para alguns o trabalho home office é algo simples, mas para outros pode ser completamente difícil. A personalidade do indivíduo, seus valores e princípios, acabam sendo cruciais para que ele tenha êxito nessa modalidade de trabalho. Para entender melhor, veja algumas das diretrizes necessárias para o trabalho remoto:

1. Tenha um espaço reservado

Um dos itens mais importantes do trabalho home office é o espaço. É importante ter um escritório reservado para exercer as funções, pois o desenvolvimento do trabalho depende diretamente disso. O espaço reservado garante que não haja interrupções de familiares e amigos durante o expediente de trabalho e evita distrações diversas.

2. Mantenha a disciplina

Ter disciplina é o principal requisito para se enquadrar no trabalho home office. Saber controlar o horário de trabalho e o tempo de execução do mesmo. Ter responsabilidade para exercer as suas funções e trabalhar em prol da empresa, são itens de extrema necessidade.

Para que o trabalho home office possa funcionar, não apenas um local reservado, é necessário que o colaborador saiba montar uma rotina de trabalho e mantenha a disciplina em sua execução.

3. Conheça seus próprios limites

Entender os limites e saber como e em quais condições consegue exercer o seu trabalho da melhor forma é essencial para que o trabalho home office funcione. Por isso, é importante montar uma rotina, saber os horários em que é mais produtivo, entender a forma como consegue executar melhor as funções e separar a vida pessoal do trabalho. Pois, mesmo estando em casa, é necessário compreender e separar os horários de lazer e de trabalho.

4. Mantenha a organização

A organização é outro ponto importante. Ela acaba sendo benéfica tanto para a execução do trabalho, quando para o controle do tempo. Muitas pessoas acabam mergulhando no trabalho e sofrem com um excesso de carga diária desnecessária. Por isso, montar uma rotina e se organizar para a execução das tarefas é extremamente importante para o trabalho home office.

Quais os tipos de trabalho home office?

Existem diversas modalidades de trabalho que podem ser realizados remotamente. Aqui estão algumas opções:

  • Loja online;
  • Autor e escritor;
  • Consultor;
  • Secretária ou assistente virtual;
  • Professor particular;
  • Editor/revisor de textos;
  • Trabalhar em casa através de empresas;
  • Marketing Digital; entre outros.

Lembrando que empresas de diversos segmento podem aderir ao trabalho remoto até mesmo temporariamente. 

Vantagens e desvantagens do Home office

Trabalhar em casa pode parecer um sonho. Muitos acreditam que há apenas pontos positivos no trabalho remoto. Porém, assim como as inúmeras vantagens, existem desvantagem nesse módulo de trabalho. Veja:

Vantagens do home office

Quem nunca sonhou em acordar mais tarde para ir trabalhar, não precisar enfrentar o trânsito, ou então trabalhar sem vestimentas formais, não é mesmo? O home office possibilita uma qualidade de vida melhor para o indivíduo. O conforto e sensação de menor esforço para exercer as funções do trabalho diário, são algumas das vantagens que somente o trabalho remoto oferece. Além disso, é possível enumerar alguns benefícios como:

  • Flexibilidade;
  • Conforto;
  • Qualidade de vida;
  • Comodidade;
  • Economia;
  • Independência;
  • Liberdade;
  • Alimentação mais saudável;
  • Redução do estresse.

Essas vantagens são maravilhosas, mas o trabalho remoto também tem seus pontos negativos.

Desvantagens do home office

O trabalho home office exige que o colaborador disponha de muito equilíbrio e disciplina. Além disso, é necessário ter um ambiente confortável e reservado para que ele possa exercer as suas funções. Apesar das vantagens evidentes que o trabalho em casa oferece, o isolamento que ele proporciona pode acabar sendo prejudicial ao indivíduo. Além disso, é possível enumerar alguns malefícios como

  • Excesso de carga de trabalho;
  • Tendência de isolamento social;
  • Indefinição de horário de trabalho;
  • Perda da privacidade pessoal;
  • Dificuldade de controlar o desempenho no dia;
  • Distrações;
  • Falta de equipamentos adequados;
  • Risco de vazamento de informações sigilosas;
  • Falta de contato e interação com outras pessoas.

Algumas das desvantagens são completamente controláveis. Por isso, o indivíduo precisa testar e verificar se é possível desenvolver atividades home office com eficácia.

Diante da crise, pandemias e epidemias, como adotar o Home Office?

As organizações podem passar por diferentes tipos de crise, em meio a elas é possível que haja a obrigatoriedade de restrições de trabalho. O trabalho remoto pode ser implantado nas organizações para setores e pessoas específicas, ou, em casos extremos, aderidos por todos os colaboradores por tempo determinado.

As crise podem levar as organizações tomarem medidas restritivas. Por isso, é necessário que o setor de recursos humanos esteja sempre em alerta para a melhor tomada de decisão. Desse modo, as soluções serão benéfica para a organização, bem como, para os colaboradores.

O mundo está passando por um período de crise que requer ações rápidas e emergenciais por parte do RH e diretoria das organizações. Diante de pandemias, como a do novo Coronavírus (COVID-19), o RH precisa estar munido de soluções rápidas e eficazes. Em extremos como este o Home office pode ser a melhor, ou única, solução para que seja possível obter benefícios mútuos. 

Em meio a luta contra a propagação do Coronavírus, é necessário tomar medidas extraordinárias. Para isso, algumas ações de prevenção podem ser adotadas. 

Benefícios do Home Office diante do COVID-19

O Home office oferece diversos benefícios para a contenção do novo Coronavírus. Essa modalidade de trabalho permite que o fluxo de atividades permaneça no mesmo nível, ou seja, ele possibilita manter a empresa em atividade, mesmo que exercendo o trabalho remotamente. 

O home office evita a concentração de pessoas no mesmo ambiente, o que ajuda na contenção do COVID-19.  Mas, para adotar esse regime de trabalho é necessário:

  • Garantir um local de trabalho adequado: a empresa precisa garantir que o colaborador terá os equipamentos  necessários para o desenvolvimento normal do trabalho (Cadeira confortável, telefone, Computador com acesso à internet, Soluções online para reuniões, entre outros);
  • Concessão de benefícios corporativos: as empresas aderentes ao home office no período de quarentena ficam isentas dos benefícios corporativos, vale-refeição e vale-transporte. Eles passam a não ser obrigatórios durante o período de trabalho remoto, mas cabe a empresa definir se irá mantê-lo ou suspendê-lo.

Aderir ao esquema de trabalho remoto é a melhor decisão frente a pandemia. Mas, nem todas as empresas têm essa possibilidade, pois existem modalidades que não podem ser realizadas remotamente. Nesses casos, é importante resguardá-los adotando medidas internas de higienização, redução de tempo de trabalho e até mesmo medidas de revezamento.

Agora que você já sabe como funciona o trabalho home office, pode analisar e medir se consegue trabalhar dessa forma. O uso de softwares podem ajudar o trabalho remoto do RH. Conheça a plataforma do JobConvo, faça uma demostração GRATUITA!

Sobre o autor

JobConvo

A JobConvo foi desenvolvida para crescer com a sua empresa – fornecendo os recursos e a flexibilidade de que você precisa em cada estágio. Se a sua empresa possui 1 ou 10.000 funcionários, pode contar conosco. Atualmente nossas soluções abrangem plataforma de Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção e admissão digital, onde você pode gerir todo o processo com um sistema com inteligência artificial.

Idiomas

Sobre a JobConvo

Plataforma Líder em Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção

  • Crie requisições;
  • Personalize e automatize as etapas dos processos;
  • Compartilhe as vagas em diversos canais;
  • Aplique testes técnicos;
  • Faça o Fit Cultural e a tendência de comportamento dos candidatos;
  • Analise as vídeo entrevistas;
  • Compartilhe os finalistas com gestores;
  • Analise os relatórios;
  • Faça a admissão digital.

Saiba mais