Trabalho remoto: o que é, como funciona e como implementar

Trabalho remoto: o que é, como funciona e como implementar

Num universo tecnológico, os dispositivos móveis e a internet são imprescindíveis para estreitar a rotina de vários ramos. Quer entender melhor sobre essa modalidade profissional que está rendendo adeptos do mundo inteiro? Confira o que o trabalho remoto pode oferecer para a empresa e seus funcionários, bem como todas as informações sobre a contratação remota!

Faça admissão, demissão, recrutamento e seleção, entre outros processos, remotamente. Teste GRÁTIS por 14 dias!

O que é o trabalho remoto?

Há determinadas configurações do trabalho remoto e, portanto, cada empresa seleciona aquela que melhor terá adaptação ao seu cotidiano e disponibiliza os resultados mais destacáveis da produção juntamente aos seus funcionários. No caso, este colaborador está disponível para a empresa, mas trabalha em casa, de forma remota.

Existem sistemas em que o trabalho remoto é feito dessa forma, em um ou até 3 dias na semana, de mesma forma como há empresas que já computam um quantitativo de servidores atuantes apenas em seus teletrabalho.

Porém, em grande parte das situações, estes colaboradores necessitam se dirigir à reunião presencial de forma frequente. De mesma forma, há também a realização de contatos de vídeo por meio de plataformas específicas (Skype, etc). É uma mobilidade tecnológica disponível, capaz de oferecer muitos benefícios para todos.

Quais os tipos de trabalho remoto?

Existem determinados funcionários que podem atuar no trabalho remoto, em diversas áreas. Confira quais são as principais categorias profissionais que se encaixam neste meio inovador de trabalho:

1. Jornalismo e Escrita

Trata-se de uma das primeiras profissões que aderiram ao trabalho remoto. Ainda há uma parte dos profissionais que necessitam fazer parte também das redações e emissoras. Outros funcionários sempre tiveram liberdade para permanecer em suas próprias casas, em frente ao computador.

De mesma forma que os jornalistas, os escritores não precisam estar fixos em algum determinado lugar para encontrar a inspiração para seus escritos, não é mesmo? O importante é simplesmente dispor de um ambiente silencioso para se concentrar.

2. Revisão e Tradução

De mesmo modo justificado anteriormente, o revisor e o tradutor precisam apenas de um lugar tranquilo para seus serviços, desse modo, conseguem realizar o trabalho remoto, tranquilamente.

É válido dizer que os revisores, além da correção de material escrito, podem também fazer alterações, de modo a formatar o padrão aceitável como o da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas.

3. Marketing digital

Neste ramo, responsável por formar o conjunto das técnicas em que há a possibilidade do trabalho remoto, tudo pode ser realizado sem um espaço físico específico. Isto porque este profissional do Marketing Digital pode escolher por um mercado de e-commerce, por exemplo, e demais alternativas disponibilizadas.

4. Contabilidade

Trata-se de uma profissão que está inovando para o trabalho remoto. Não é nova, mas está conquistando o seu espaço agora no mundo tecnológico. Este profissional nunca precisou de muito para poder trabalhar. O computador, a internet e o conhecimento são os pilares do seu serviço.

Antes, necessitavam de lugares empresariais para o ganho do reconhecimento e, inclusive, de autoridade. Atualmente, ele pode resolver tudo em casa, no seu computador.

5. Desenvolvedores e Designers

Trata-se de uma profissão que tem consideração como um dos que mais promovem a aceitação do trabalho remoto. Antes, eram servidores que precisam permanecer nas empresas, cumprindo horários e submissos à área específica do trabalho.

Já os que trabalham com Design, podem desenvolver seus projetos no conforto da casa, em que encontram a inspiração para ilustrar livros, diagramar, criar e fazer desenhos específicos para diversos serviços.

6. Psicologia e Educação

Esta é uma novidade para muitos. Esse profissional pode fazer o atendimento em sua própria casa, online, por conexão de Skype e afins. Ainda está em processo de transição, mas tem gerado muito sucesso por aí. Para aqueles que estão estudando e precisam de um reforço, há uma gama de professores particulares virtuais que fazem o trabalho pela internet, sem problemas!

7. Empreendedores digitais

Outra profissão dinâmica e que pode ser feita remotamente, é a que corresponde ao empreendedor digital. É válida a consideração do crescimento dos e-commerces brasileiros em até 22% nos próximos anos, de acordo com o que esperam os estudiosos da área. É uma tendência que só aumenta.

8. Contratação remota

As atividades do departamento pessoal ganharam facilidades incríveis. Com o software de recrutamento e seleção é possível realizar todas as atividades remotamente, inclusive, a contratação remota, que possibilita que os processos seletivos permaneçam contínuos mesmo em meio a crises. 

Como funciona o trabalho remoto?

O trabalhador deve receber a remuneração, férias, além de um terço constitucional acrescido, anotações em carteira, o recolhimento do fundo de garantia – FGTS – e o décimo terceiro salário, bem como demais previsões.

Auxílio transporte

Um dos pontos que realmente se modificam em relação aos direitos, refere-se ao auxílio transporte. Os empregados não precisam se deslocar até os ambientes empresariais e, por isso, não há a necessidade deste vale, que passa a se caracterizar indevido em datas que o servidor esteja em “home office”.

Contudo, se estiver em locomoção em determinado dia da semana, o auxílio deve ser pago de maneira proporcional.

Relação trabalho e empresa

Neste caso, é fundamental que o trabalhador se caracterize:

  • pessoa física;
  • que o trabalho deva ser realizado sempre pelo mesmo indivíduo e sem delegação;
  • subordinação – sempre responder à empresa e seus superiores, acatando ordens;
  • a não-eventualidade.
De acordo com a Consolidação das Leis Trabalhistas, há o estabelecimento de que, os meios informatizados de controlar, comandar e supervisionar, têm equiparação para a finalidade de subordinação jurídica, em relação ao meio pessoal e direto do trabalho remoto.

O que a legislação diz sobre o trabalho remoto?

Trata-se de um dos transtornos de muitos empresários, mas isso pode mudar com a informação correta. Os termos legais de um contrato remoto existem e precisam ser atentados, ainda que não tenham diferenças do modelo presencial e possam apresentar riscos semelhantes, o regulamento existe e tem aplicação.

Especialistas ressaltam que as regras que tiveram estabelecimento no mês de dezembro do ano de 2011, fazem a previsão dos direitos do trabalho equivalentes aos da CLT – Consolidação das Leis do Trabalho, para aqueles que atuam de forma remota.

A exemplo disso, podemos citar o artigo 6º da CLT que esclarece a não existência de distinções entre o trabalho remoto e o trabalho daqueles que estão dentro da empresa, desde que existam as relações da função.

Desse modo, este trabalho tem reconhecimento, mas não existem legislações específicas para tal categoria de contrato. O fato é que tal funcionário tem direito garantido também em relação aos seus direitos previdenciários.

O que é preciso prover ao profissional durante o trabalho remoto?

A empresa deve tornar disponível a condição adequada do trabalho, sendo, ainda, de responsabilidade da mesma, as normas de segurança e medicina do trabalho.

De modo geral, em relação ao sistema, o trabalhador pode receber computador, celular, o pagamento da mensalidade da internet, além de suporte para que se monte o seu escritório.

A jurisprudência é capaz de entender que todas as despesas decorrentes do serviço realizado precisam ser reembolsadas pelo ambiente da empresa, porque os riscos do empreendimento precisam ter o suporte pelo empresário.

Como acompanhar um profissional de forma remota?

Há um destaque, em relação aos meios da tecnologia, atualmente, que geram a permissão de que a empresa esteja conectada, ainda à distância, e ao controle permanente do trabalho, bem como a acidentes eventuais e gastos em relação à doenças ocupacionais.

Através da conexão remota e programas determinados, os empreendimentos podem fazer o controle de jornadas, com a inclusão de horários de intervalos para refeições e descansos.

Essa fiscalização pode ser realizado através do computador, com plataformas específicas e informatizadas para controlar o acesso ao sistema, bem como reunião virtual, por aplicativos e programas como o Skype.

Como o RH pode trabalhar remotamente?

Existem diversas atividades do RH que podem ser realizadas por meio do trabalho remoto. Em meio a ações emergenciais, onde é exigido a execução do teletrabalho, é possível permanecer com o RH ativo.

Umas das atividades recorrentes no RH é a contratação de novos colaboradores. O recrutamento digital facilita, e muito, esse processo, dando a munição necessária para os responsáveis realizarem o processo. Além disso, a admissão digital oferece facilidades que permitem que todo o processo seja feito, mesmo que à distância.

Recrutamento digital

O recrutamento digital é o processo de utilizar a tecnologia para a divulgar, atrair, avaliar, selecionar e contratar candidatos para cargos vagos de uma empresa. Esse método permite utilizar páginas de carreira, recrutamento mobile (através do celular), provas on-line, vídeo-entrevistas, recrutamento através das redes sociais, admissão digital entre outros recursos, remotamente.

O recrutamento digital pode ser feito por meio de um software de recrutamento e seleção. Para isso, é realizado:

  • Estudo prévio do recrutamento digital;
  • Planejamento do recrutamento digital;
  • Atração;
  • Seleção;
  • Análise de redes sociais;
  • Testes de conhecimento específico, proficiência na língua exigida e fit cultural;
  • Entrevista por videoconferência.
Admissão digital

A admissão digital é a integração online que permite que você se comunique com seus novos contratados por meio de um portal online. Esse processo não está restrito aos processos anteriores a efetivação do contrato, ele também pode continuar a fazer essa integração durante todo o primeiro mês na empresa. 

O processo de admissão digital garante:
  • Onboarding Digital;
  • Eliminação de Inconsistências no eSocial;
  • Templates de Admissão;
  • Carta Proposta com Assinatura Digital;
  • Segurança da Informação;
  • Gestão de Contratados Temporários.
Além disso, ele permite e requer:
  • Envio da documentação;
  • Análise da documentação enviada;
  • Reunião de informações;
  • Tomada de decisão.
Esses são alguns dos processos que podem ser executados pelos profissionais de RH durante o trabalho remoto.

Agora que você já entendeu como funciona o trabalho remoto, o ideal é buscar um software para auxiliar nos processos. Experimente o JobConvo por 14 dias grátis, solicite uma demostração, aqui!

 

Sobre o autor

JobConvo

A JobConvo foi desenvolvida para crescer com a sua empresa – fornecendo os recursos e a flexibilidade de que você precisa em cada estágio. Se a sua empresa possui 1 ou 10.000 funcionários, pode contar conosco. Atualmente nossas soluções abrangem plataforma de Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção e admissão digital, onde você pode gerir todo o processo com um sistema com inteligência artificial.

Sobre a JobConvo

Plataforma Líder em Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção

  • Crie requisições;
  • Personalize e automatize as etapas dos processos;
  • Compartilhe as vagas em diversos canais;
  • Aplique testes técnicos;
  • Faça o Fit Cultural e a tendência de comportamento dos candidatos;
  • Analise as vídeo entrevistas;
  • Compartilhe os finalistas com gestores;
  • Analise os relatórios;
  • Faça a admissão digital.

Saiba mais