Propaganda

Tudo que você precisa saber sobre o RH 4.0

Tudo que você precisa saber sobre o RH 4.0
Propaganda

Com o avanço das tecnologias, empresas de todo o mundo precisam cada vez mais se atualizar para se manterem ativas no mercado corporativo e continuar avançando para o sucesso. A quarta Revolução Industrial surgiu em meio ao crescente e rápido desenvolvimento da tecnologia, que atualmente já está inserida em todos os âmbitos dos negócios. Não há dúvidas que essas transformações alcançaram o setor de recursos humanos, surgindo assim o RH 4.0.

Essa tendência é a resposta para a revolução da tecnologia nas empresas, buscando atender todas as necessidades do mercado atual e estando preparado para o futuro da gestão de pessoas. 

Para descobrir mais sobre esse conceito e quais transformações ele traz ao RH, é só continuar acompanhando a leitura!

O que é RH  4.0?

Como foi abordado na introdução, o RH 4.0 é a resposta do segmento de recursos humanos para a conhecida quarta revolução industrial, caracterizada pelo uso inteligente das ferramentas tecnológicas. Elas são aplicadas de forma avançada nas rotinas do setor, como o recrutamento e seleção, a atração de talentos, a admissão,  o desligamento e todos os outros processos do RH. As funções se tornam automatizadas, além do surgimento de práticas mais estratégicas na gestão de pessoas.

A revolução 4.0 no setor

A quarta revolução industrial, ou Indústria 4.0, é marcada pela troca de funções mecânicas e repetitivas pelos processos automatizados. Não só isso, mas ela também abre espaço para o RH estratégico. Por exemplo, tarefas como folha de pagamento passam a demandar um tempo bem mais reduzido em sua execução. 

Com isso, o setor deixa de ser burocrático e manual. Assim, os profissionais passam a ter tempo para investir em ações voltadas para o bem-estar da equipe e o avanço constante da empresa. Portanto, outras rotinas passam a ganhar importância: clima organizacional, experiência do candidato (ou employee experience), atração e retenção de talentos, engajamento dos colaboradores, etc.

Mas lembre-se: não se trata apenas da implementação de novos softwares de gestão, mas de uma mudança na forma em como todos os processos são realizados e no papel que os colaboradores possuem dentro da organização, se tornando peças-chave para o desenvolvimento do negócio.

Com isso, o setor se torna um elemento fundamental para o sucesso dos negócios, pois é ele quem irá avaliar a equipe, monitorá-la e propor melhorias para o ambiente de trabalho. Todos esses fatores terão influência direta em pontos importantes como: nível de produtividade, projetos bem sucedidos, redução da taxa de turnover, entre muitos outros.

A evolução do RH

O RH 4.0 faz parte de uma constante evolução que o setor passou nas últimas décadas. Do operacional foi ao digital e estratégico. Novos aprendizados, responsabilidades e desafios surgiram com o tempo. Confira abaixo:

  • RH 1.0: Este é o primeiro modelo de RH. Sua principal característica era cuidar da burocracia entre empregado e empregador, procurando manter a relação de acordo com o que diz a legislação;
  • RH 2.0: Com o tempo, o RH 1.0 se tornou insuficiente. O 2.0 surgiu para começar a enxergar as pessoas como parte fundamental das estratégias dos negócios, tendo um papel importante para o sucesso e crescimento da empresa;
  • RH3.0: o RH 3.0 é quando tudo começou a ser mais digital. Contudo, isso não significa que as questões burocráticas ou estratégicas tenham deixado de existir. Elas foram aprimoradas com o uso da tecnologia. Os processos foram redesenhados para aproveitar as novas ferramentas digitais;
  • RH 4.0: o RH 4.0 também é digital, mas vai além da migração para as tecnologias. Ele é mais estratégico e consiste em fazer um uso inteligente delas. O setor sincroniza a tecnologia com a estratégia da organização e a gestão de pessoas. Para isso, ele utiliza plataformas integradas, que tornam possível o fornecimento de dados e estatísticas em tempo real. 

Qual a importância da revolução 4.0 para o RH?

A revolução 4.0 foi essencial para a implementação das tecnologias que aperfeiçoam e facilitam o trabalho dos profissionais de RH. As novas técnicas colaboram para a resolução de problemas de forma mais ágil, auxiliando na execução das tarefas comuns do setor. Surgiu a possibilidade de dar espaço a criatividade e criar relações trabalhistas mais humanizadas.

Todos esses fatores viabilizam uma visão estratégica do RH, que agora utiliza de recursos para se posicionar e atender as necessidades da era 4.0, que exige uma experiência de sucesso. Afinal, essa experiência que é gerada ao colocar o colaborador como uma peça realmente importante do negócio, desperta na equipe sentimentos que geram conexões maiores, conquistando um maior comprometimento e empenho.

Mudanças proporcionadas pelo RH 4.0

As mudanças trazidas pela revolução 4.0 no RH foram proporcionadas através do uso das tecnologias, que agilizou o tempo produtivo e reduziu os erros nos processos do setor. No entanto, essas não foram as únicas transformações. Veja abaixo algumas delas:

  • Automatização dos processos, reduzindo os trabalhos mecânicos e repetitivos;
  • Integração de dados e informações, permitindo análises mais específicas das equipes por meio do monitoramento dos dados gerados (até mesmo em tempo real);
  • Maior investimento na especialização dos colaboradores, com soluções para o crescimento da empresa;
  • Melhor direcionamento do tempo de trabalho de cada colaborador, pois com a diminuição das tarefas repetitivas, os profissionais podem ter um uso mais equilibrado do tempo;
  • Flexibilidade para atuar de maneira móvel, ou seja, fora da empresa e a qualquer hora;
  • Melhora na comunicação empresarial em múltiplas escalas.

Quais são os desafios do RH 4.0?

O RH 4.0 pode ser muito benéfico para as empresas. No entanto, como ocorre com qualquer transformação, ele vem acompanhando de alguns desafios. Por isso, é fundamental que o setor seja estratégico, capacitando, orientando e administrando todas as mudanças de forma bem sucedida. Veja abaixo alguns desses desafios e como solucioná-los:

Lidar com as diferenças geracionais

A implementação das novas tecnologias pode ser um processo difícil para as gerações mais antigas. Embora os millenials estejam presentes em grande parte da força de trabalho do mercado, ainda existem aqueles que nasceram entre as transições da tecnologia e que não possuem facilidade com os recursos digitais. O ideal é que o RH ofereça treinamentos e todo o suporte necessário para essa adaptação.

Também há a questão da mentalidade, pois cada geração foi desenvolvida com valores e preceitos diferentes, podendo causar conflitos dentro da equipe. É preciso fortalecer a cultura organizacional e utilizar todos os recursos possíveis que façam essa cultura também fazer parte de cada colaborador, independente de qual geração ele pertence.

Mudança da cultura organizacional

A gestão de pessoas passa a ser conduzida de uma maneira diferente. O ambiente de trabalho se tornou menos complexo, mas ampliou as responsabilidades e atuações de cada indivíduo. O RH deve orientar a equipe sobre a mudança de cultura e estar à frente das transições para torná-las mais harmônicas e menos conflituosas.

Outra solução é identificar quais pessoas não se encaixam na nova cultura e definir se elas serão desenvolvidas ou precisarão ser substituídas. Tudo isso deve ser feito debaixo de análises precisas e de um diagnóstico completo da atual equipe. Aos poucos, a nova cultura vai se espalhando, se fortalecendo e fazendo parte de todos os colaboradores.

Obter apoio da alta gestão da empresa

Uma das grandes dificuldades é obter apoio da alta gestão da empresa. Os gestores podem entender a necessidade das mudanças, mas precisam esperar pela decisão dos seus superiores que não estão tão imersos nas rotinas da equipe. A solução aqui (e um grande desafio!) é aproximar-se dos que tomam as decisões e mostrar todas as vantagens que a implementação do RH 4.0 pode proporcionar para os resultados dos negócios. 

Principais tendências do RH 4.0

Confira quais são as principais tendências do RH 4.0 e entenda o porquê elas realmente valem a pena:

  • Gestão descentralizada: a tecnologia permite que toda a equipe esteja mais envolvida nos processos, até mesmo em tomadas de decisão. Elas passam a estar presentes nos planejamentos, sugestão de novas ideias e projetos. Neste modelo de RH, o colaborador tem um papel de grande valor e importância para a empresa. Afinal, são eles que irão contribuir para o sucesso dos negócios;
  • Recursos online: recursos como softwares em nuvem, plataformas, ferramentas de comunicação (ex: rede social corporativa), atuam na otimização das tarefas e fazem com que os dados possam ser acessados de qualquer lugar. Essa flexibilidade é uma grande tendência do RH 4.0;
  • Investimento no desenvolvimento de colaboradores: o setor está mais dinâmico e versátil, enxergando a necessidade do aprimoramento contínuo da equipe em novos conhecimentos e habilidades. Uma das competências que se tornou crucial no modelo 4.0 é as que possuem relação com a inteligência emocional e as softs skills em geral;
  • Decisões orientadas por dados: as tomadas de decisão do setor passaram a ser realizadas por meio de dados e estatísticas, ou seja, tudo o que acontece deverá ser embasado em informações reais. Por isso, a inteligência artificial e o people analytics são ferramentas estratégias que marcam presença no RH 4.0. Elas irão auxiliar na proposta de novas abordagens, na retenção de talentos, na obtenção de feedbacks mais precisos, etc.;
  • Cultura de inovação: o modelo 4.0 é totalmente voltado para a transformação digital. Portanto, ele estabelece uma cultura de inovação. A cultura organizacional é remodelada, bem como o uso das ferramentas utilizadas, a forma como engajamento é promovido, a qualidade de vida no trabalho, etc. Todos esses fatores irão trabalhar juntos para usufruir do potencial tecnológico, desburocratizando o RH.

Quais são as vantagens da implementação?

Veja agora as principais vantagens dessa implementação no RH:

Aumento da produtividade

O aumento da produtividade é um dos benefícios mais imediatos. Afinal, não há dúvidas que a tecnologia permite que os profissionais façam mais tarefas, em menos tempo e com maior qualidade de serviço. Portanto, os processos são otimizados, os erros diminuem e os resultados melhoram consideravelmente.

Melhora no engajamento dos colaboradores

Como as tarefas burocráticas demais, repetitivas e manuais passam a dar espaço para a tecnologia (reduzindo o tempo de trabalho estressante), os profissionais se sentem mais engajados. Além disso, não podemos esquecer de outros diversos fatores que facilitam a vida do RH, como assertividade e segurança de dados, sem perigos de adulteração e perda de informações importantes.

Quanto à empresa como um todo, esse modelo de RH permite que os profissionais do setor tenham mais tempo para ações estratégicas, que impactam diretamente no engajamento de todos os colaboradores e melhoram os resultados dos negócios.

Atração e retenção de talentos

Os recursos tecnológicos viabilizam um processo de recrutamento e seleção mais eficaz, facilitando a construção de um time de alta performance e que mais se adequa à cultura da empresa. Com isso, o recrutamento atrai os talentos mais próximos do que a empresa realmente precisa e que se encaixam no perfil dela. Consequentemente, esses talentos permanecerão na organização por mais tempo, reduzindo a taxa de turnover e aumentando a retenção de talentos.

Melhora da comunicação

Um RH altamente tecnológico permite que a comunicação interna seja mais eficaz. Isso porque se torna mais fácil integrar as equipes, setores e melhorar o fluxo de informações dentro da empresa. Por exemplo, muitas organizações utilizam softwares de colaboração (Slack, Asana, Trello, etc.), que auxiliam no gerenciamento de equipes e projetos. Outras ferramentas também podem ser essenciais para aprimorar a comunicação, como o Skype, para realizar reuniões virtuais ou apenas se comunicar.

O acesso entre as pessoas da equipe se torna mais direto, sem etapas intermediárias que podem gerar ruídos e atrapalhar o andamento dos processos.

Como implementar o RH 4.0?

Veja agora alguns passos essenciais para implementar o RH 4.0 em sua empresa:

1. Mapeamento dos processos manuais

Um dos primeiros passos é considerar todos os atuais processos e estratégias que são importantes para a organização. Alguns exemplos são: gestão de férias, recrutamento e seleção, avaliação de desempenho, admissão, etc. É preciso mapear todos eles para saber quais precisam ser aprimorados, quais tecnologias serão necessárias e como cada processo pode ser otimizado.

2. Pesquisa de plataformas em nuvem que atendam a demanda do setor

Para ter um RH digital, é preciso procurar as opções no mercado de plataformas que utilizam o armazenamento em nuvem. Existem diversas soluções para todos os tipos de empresas e segmentos do mercado. É preciso levar em conta o número de colaboradores, quais ferramentas o setor precisa, quais são as particularidades de cada processo, entre outros fatores importantes de decisão.

3. Migração para plataformas digitais

Após escolher as plataformas digitais que serão utilizadas, é preciso realizar a migração de todos os dados do setor. Algumas empresas de plataformas oferecem serviços de parametrização e importação de dados. No entanto, caso esse serviço não seja fornecido, será necessário organizar o banco de dados atual. Isso irá economizar o desperdício de tempo e dinheiro no futuro.

4. Realize treinamentos para utilização das novas plataformas

Não basta apenas implementar novas plataformas. Afinal, do que isso irá valer se os profissionais do setor não souberem como utilizá-las? Portanto, é fundamental que alguns treinamentos sejam dados para ensinar os colaboradores sobre a utilização desses sistemas. Dessa forma, eles estarão preparados para este novo cenário na empresa e terão uma adaptação mais ágil. 

Algumas empresas que oferecem a plataforma também fornecem vídeo aulas para capacitar o time, não só para os colaboradores atuais, mas para todo aquele que entrar na equipe conforme o passar do tempo.

Conheça a plataforma JobConvo

Neste artigo, abordamos o quanto o uso de plataformas de RH são fundamentais para implementar o RH 4.0. A JobConvo, por exemplo, é um dos melhores softwares do mercado de recrutamento e seleção, pois possui soluções que estão 100% alinhadas com o RH 4.0. A plataforma utiliza mecanismos e recursos de alto desempenho, que são capazes de transformar o setor de recursos humanos da sua empresa. Veja abaixo como: 

  • Criação de requisições;
  • Personalização e automatização das etapas dos processos;
  • Compartilhamento de vagas em diversos canais de forma simultânea, agilizando o processo;
  • Gestão com inteligência artificial, que facilita a triagem listando os candidatos de acordo com o grau de afinidade para a vaga e para a empresa;
  • Aplicação de testes técnicos totalmente online, colaborando para escolhas mais assertivas de forma rápida;
  • Realização do teste Fit Cultural, avaliando a compatibilidade do candidato com a cultura e valores da empresa;
  • Execução e análise de vídeo entrevistas, que podem ser acessadas pelo gestor sempre que ele precisar;
  • Compartilhamento dos finalistas com gestores;
  • Análise dos relatórios que informam os dados gerais dos candidatos por meio de gráficos e tabelas;
  • Execução de admissão digital e desligamento automatizado.

O que está esperando para escolher a plataforma ideal para alinhar o seu RH com o modelo 4.0? É só aplicar todas as  nossas dicas para usufruir de todas as vantagens que abordamos aqui. Se você deseja experimentar na prática como funciona uma plataforma de RH, é só solicitar uma demonstração GRATUITA do software JobConvo. Clique aqui para saber mais!

Propaganda

Sobre o autor

JobConvo

A JobConvo foi desenvolvida para crescer com a sua empresa – fornecendo os recursos e a flexibilidade de que você precisa em cada estágio. Se a sua empresa possui 1 ou 10.000 funcionários, pode contar conosco. Atualmente nossas soluções abrangem plataforma de Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção e admissão digital, onde você pode gerir todo o processo com um sistema com inteligência artificial.

Idiomas

Sobre a JobConvo

Plataforma Líder em Gestão para Processos de Recrutamento e Seleção

  • Crie requisições;
  • Personalize e automatize as etapas dos processos;
  • Compartilhe as vagas em diversos canais;
  • Aplique testes técnicos;
  • Faça o Fit Cultural e a tendência de comportamento dos candidatos;
  • Analise as vídeo entrevistas;
  • Compartilhe os finalistas com gestores;
  • Analise os relatórios;
  • Faça a admissão digital.

Saiba mais